Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

LICENÇA DE JOAQUIM BARBOSA

Sílvia Guimarães (Advogado Autônomo - Criminal)

MELHOR SERIA QUE O MINISTRO JOAQUIM BARBOSA SE APOSENTASSE, EVITANDO TANTOS TRANSTORNOS NOS RECURSOS DE SUA RELATORIA. JÁ QUE HÁ TANTO TEMPO NÃO POSSUI CONDIÇÃO ALGUMA DE TRABALHAR, QUE TENHA O BOM SENSO DE PEDIR APOSENTADORIA E DEIXAR O LUGAR PARA OUTRA PESSOA MAIS SAUDÁVEL OCUPÁ-LO. OU SERÁ QUE AS TAIS DORES EXISTEM ATÉ QUE O "MENSALÃO" PRESCREVA E TUDO FIQUE COMO ANTES NO QUARTEL DE ABRANTES?

E os réus do mensalão?

Erminio Lima Neto (Consultor)

E o caso dos mensaleiros que também está com o Ministro?

TAXA DE URGÊNCIA ?

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Seria bastante oportuno que se tomassem medidas de igual teor quanto aos milhares de recursos 'parados' no STF por anos. Qual é o motivo de tanta urgência neste caso ? Há situações de presos irregularmente cujos HCs ou outros recursos não são apreciados e ficam estagnados sem que ninguém daquela Corte dê qualquer satisfação.
Qual é o critério, além do provimento citado, para que não se aja da mesma forma com os menos iguais ?

Desfalque

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O Ministro Joaquim Barbosa tem desfalcado o Supremo há anos com suas licenças médicas. Não é obrigação dele estar sempre com boa saúde, e nem se pode proibir ou considerar indevida suas licenças mas, convenhamos, uma Corte Suprema com apenas 11 Ministros não pode permanecer sucessivamente desfalcada por motivo de licença médica. A hora de passar a bola já tarda.

Comentar

Comentários encerrados em 2/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.