Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

França contemporânea

Jayme Vita Roso lança livro sobre franceses

O advogado Jayme Vita Roso acaba de lançar a obra Carrefour para Intelectuais Franceses Contemporâneos (Edições Bagaço, 2011). Nela, apresenta sínteses biográficas, breves listagens de publicações e sinopses de obras de oito autores contemporâneos franceses: Edgar Morin, Marc Levy, Bernard-Henri Levy, Boris Cyrulnik, Claude Lanzmann, Georges Charpk, Alain Minc, e Jacques Attali.

Os autores retratados têm em comum o fato de serem judeus e de famílias humildes que imigraram para a França, mas têm formações diversas como físico, médico, jornalista, político, romancista, historiadores e economistas.

Dos  autores analisados, Edgar Morin é certamente o mais conhecido do público brasileiro. Vita Roso define Morin como um reformador do pensamento, que buscou formar pessoas capaz de aceitar desafios, afrontar  incertezas, vencer obstáculos  e ir além das contradições.

Quanto a Boris Cyrulnik, autor de Psiquiatra da Esperança, o advogado trata do conceito da resiliência, processo para superar os traumatismos psíquicos por meio de faculdades adquiridas na infância com apoio recebido depois da experiência traumatizante.

Também fazem parte desse Carrefour (confronto de ideias) Claude Lanzmann, filósofo, cineasta e escritor, que dirigiu Shoah, filme histórico sobre o Holocausto; Georges Charpk, que recebeu em 1992 o prêmio Nobel em Física e defende a mudança dos paradigmas educacionais; Alain Minc, conselheiro do presidente francês Nicolas Sarkozy; e Marc Levy, autor de Et si c´était vrai?, sucesso que vendeu 2 milhões de cópias e foi transformado em filme por Spielberg.

Vita Roso analisa, ainda, Bernard-Henri Levy, autor de A Crueldade com Face Humana, em que denuncia o fascismo e o comunismo histórico; e Jacques Attali, que, segundo ele, "põe à disposição novas sabedorias e saberes esquecidos, necessários para sobreviver num mundo onde tudo se tornou labirinto. E onde se perder é a única maneira de se encontrar".

Serviço
Livro: Carrefour para Intelectuais Franceses Contemporâneos
Editora: Edições Bagaço
Preço: R$ 35
Número de páginas: 229

Revista Consultor Jurídico, 26 de abril de 2011, 7h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/05/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.