Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Radiação em Fukushima

Empresa vai indenizar famílias prejudicadas no Japão

A empresa Tokyo Electric Power Company (Tepco), responsável por administrar a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Japão, vai pagar 12 mil dólares de indenização para cada família atingida pela radiação na região próxima à central. Para os solteiros, o valor máximo pago será 9 mil dólares. As informações, publicadas pela Agência Brasil, são da agência estatal de notícias do Japão, a NHK.

A Tepco tomou a decisão após protestos e cobranças dos agricultores e pescadores de Fukushima, que reclamaram que as explosões e os vazamentos radioativos contaminaram os produtos e causaram prejuízos incalculáveis. A indenização será paga aos moradores da área no raio de 30 quilômetros da usina, que tiveram de deixar suas casas, o trabalho e demais atividades por causa do risco de radiação nuclear.

A área de Fukushima foi atingida por radioatividade após o terremoto seguido por tsunami, em 11 de março, causar danos na usina. Foram identificadas rachaduras e falhas que levaram às explosões e aos vazamentos nucleares. De acordo com a Agência Nacional de Polícia do Japão, a tragédia causou a morte de 13.456 pessoas e deixou 14.867 desaparecidas. Aproximadamente 139 mil japoneses ainda estão em abrigos provisórios nas regiões de Miyagi, Iwate e Fukushima.

Revista Consultor Jurídico, 16 de abril de 2011, 5h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.