Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prisão e busca

Operação para combater milícias prende vereador

A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) do Rio de Janeiro prendeu, nesta quarta-feira (13/4), o vereador Luiz André Ferreira da Silva (PR), conhecido como Deco. A expectativa era de cumprir 13 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão em diversos pontos da cidade, na Operação Blecaute, iniciada para combater milícias no município. As informações são da Agência Brasil.

A Secretaria de Segurança Pública informou que o vereador, ex-policiais militares e guardas municipais são acusados de pertencer a um grupo de milicianos que atua em 13 comunidades, nos bairros da Praça Seca, Campinho, Tanque, na zona oeste e Quintino Bocaiúva, na zona norte.

O vereador é apontado como chefe do grupo. Ele já foi indiciado em 2003 e 2008 por dois homicídios e é acusado de planejar a morte da atual chefe de Polícia Civil, Martha Rocha, então titular da 28ª DP, no Campinho, e do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), que presidiu a CPI das Milícias.

O grupo também é acusado de crimes como formação de quadrilha armada, homicídio, ocultação de cadáver, tortura, estupro, furto de sinal de televisão e internet, controle no fornecimento de gás, transporte irregular e exploração de máquinas caça-níqueis. A operação tem o apoio da Secretaria de Segurança do estado, do Ministério Público estadual e da Corregedoria-Geral Unificada.

Revista Consultor Jurídico, 13 de abril de 2011, 16h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.