Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Feito inédito

TRT do Mato Grosso foi único a atingir metas

O Conselho Nacional de Justiça entregou nesta sexta-feira (8/4) ao Tribunal Regional do Trabalho do Mato Grosso um novo certificado em que reconhece que o tribunal atingiu as 10 metas do judiciário para 2010, e foi o primeiro, dos 91 tribunais do país, a cumprir integralmente o compromisso.

Durante o workshop promovido pelo CNJ no dia 31 de março para divulgar o relatório nacional de metas de 2010, foi dito que o TRT-MT e o TRT da Paraíba tinham cumprido 9 das 10 metas, o que não correspondia à verdade, e, por isso, foi emitido um novo certificado.

O presidente do TRT-MT, desembargador-presidente Osmair Couto, dá crédito ao empenho dos juízes e servidores pelo cumprimento, até mesmo das metas consideradas ousadas pelo próprio CNJ no início de 2010. Esse é o caso da meta 3, de reduzir os em 10% os processos de execuções fiscais e não fiscais. O tribunal conseguiu diminuir em 20%.

A meta 6, por sua vez, que previa a redução de pelo menos 2% no consumo, dentre outros, de energia elétrica, só foi alcançada após à mudança no horário de funcionamento do tribunal, que passou a ser das 7h30 às 14h30. Sem funcionar no chamado horário de "pico" (das 17h30 às 19h30), em que o custo do KWh aumenta em 653%, o TRT-MT economizou R$ 141 mil. Com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal Regional do Trabalho do Mato Grosso.

Revista Consultor Jurídico, 9 de abril de 2011, 0h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.