Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Segurança pública

Especialistas aprovam Universidade da ONU no Brasil

Fórum de Bellagio apoia criação de universidade de segurança pública no Brasil - STF

Especialistas reunidos no Fórum Bellagio concordaram que seja instalada no Brasil uma Universidade Internacional de Segurança e Desenvolvimento Social da Organização das Nações Unidas. A ideia foi apresentada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, que representou a corte no evento. O apoio constou da Declaração de Bellagio.

O fórum para criação da nova Universidade das Nações Unidas durou três dias, foi organizado pela Rockfeller Foundation, e aconteceu em Bellagio, no norte da Itália. Os cerca de 40 participantes, especialistas em segurança pública de todos os continentes, colocaram-se à disposição para fornecer apoio técnico e científico na formulação da proposta, que será encaminhada à ONU.

A ideia de criação de uma instituição de ensino multidisciplinar sobre o tema da segurança pública e desenvolvimento social foi lançada pelo ministro Peluso em seu discurso de posse na presidência do STF. A proposta recebeu o apoio da presidenta Dilma Rousseff, que já conversou sobre a questão com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Na sessão de encerramento do Fórum de Bellagio, nessa quianta-feira (7/4) Peluso agradeceu a oferta e elogiou os trabalhos apresentados no evento, que deverão ser publicados em breve. O ministro disse que a contribuição de especialistas do mundo inteiro é fundamental para o êxito da iniciativa e tentará organizar no segundo semestre a segunda reunião do evento.

O palestino Sharif Elmusa, professor da Georgetown University no Qatar, afirmou que a escolha do Brasil para sediar uma instituição de ensino e pesquisa da ONU representaria o reconhecimento do processo de transformação por que passa o cenário internacional contemporâneo.

No mesmo sentido, Emílio Viano, da American University, disse que o Brasil reúne todas as credenciais para liderar o processo de criação da universidade. Raul Zaffaroni, ministro da corte constitucional da Argentina, afirmou que vai sugerir à chancelaria de seu país que o governo argentino apoie formalmente a proposta. Com informações da Assessoria de Imprensa do Supremo Tribunal Federal.

Leia aqui a íntegra da Declaração de Bellagio.

Revista Consultor Jurídico, 8 de abril de 2011, 8h19

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.