Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Grana fácil?

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Havia um sujeito aqui na cidade de São José do Rio Preto em certa época, que não era advogado mas atuava dando consultoria jurídica para obtenção de benefícios previdenciário, que trabalhava assim. Cobrava apenas R$10,00 (dez reais) por consulta, e dava lá o que ele chamava de orientação a quem o procurava. Como eram apenas "deis real", como dizia a população, todo mundo o procurava, sendo que atendia o máximo de trinta "clientes" por dia. Nós, na época, cobrávamos o valor mínimo de R$800,00 (oitocentos reais) para pleitear junto ao INSS um benefício, somente no caso de sucesso. Fato é que o sujeito ganhava muito mais do que nós. Como ele não tirava a bunda da cadeira, limitando-se a lançar alguns "pitacos" quanto à melhor forma de obter os benefícios, atendendo a 30 pessoas por dia, sempre com pagamento à vista, no final do dia tinha R$300,00 (trezentos reais) no caixa. Ao final de um mês, considerando 20 dias trabalhados, tirava 6 mil no sossego. Já nós, que na prática fazíamos todo o serviço até obter o benefício, tínhamos empregados a pagar, despesas inúmeros, e no final, mesmo obtendo resultados muitos mais palpáveis do que o certo indivíduo, não chegávamos a tirar 6 mil por mês, tirando a despesa. A má-fé de muitos os levam a ficar enfatizando que nós advogados trabalhamos como o referido indivíduo, apenas nos dando ao luxo de receber e mais nada. Em geral, conforme assinalado pelo Colega Jose Ricardo Cintra Junior logo abaixo, a interposição de recurso especial ou extraordinário se dá sem qualquer remuneração, trazendo tão somente mais trabalho ao escritório. O advogado ingressa com esses recursos porque na maior parte das vezes é a única forma de obter um resultado útil no processo.

Daniel

JrC (Advogado Autônomo - Civil)

Não é assim que funciona a remuneração da profissão.
Os honorários são um só. Contratados por escrito antes do ajuizamento da ação. Esses honorários englobam, em regra, TODOS OS TRAMITES processuais, TODOS OS RECURSOS E MEDIDAS, inclusive a EXECUÇÃO.
Os advogados não tem interesse em precisar entrar com várias medidas judiciais já que receber 1.000, 2.000, 5.000 reais em um processo cujo contrato, em regra, engloba TODOS os atos processuais.
Obviamente quanto menos trabalho melhor.
Prefiro receber 5 mil reais e o processo findar logo em primeira instância do que receber 5 mil reais e ter que entrar com 20 recursos.
Isso mostra o desconhecimento da população acerca do trabalho do advogado, prejulgando, de maneira injusta, o profissional.

vamos criar o recurso para marte !!!

daniel (Outros - Administrativa)

Vamos criar o recurso para Marte, pois seria uma justiça universal e quanto mais recursos, mais advogados recebem, afinal são como médicos, quanto mais doentes e mais tempo internado, muito mais lucro.

Apoio a OAB

JrC (Advogado Autônomo - Civil)

Endosso as alegações do Presidente Ophir.

Comentar

Comentários encerrados em 9/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.