Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Segundo turno

Mais de um milhão serão identificados por biometria

Mais de 1,1 milhão de eleitores deverão ter reconhecidas suas impressões digitais neste domingo (31/10). Assim como aconteceu no primeiro turno, neste segundo as urnas biométricas também serão usadas. A novidade está presente em 64 zonas eleitorais de 60 municípios, em 23 estados. Com isso, o Tribunal Superior Eleitoral espera conferir ainda mais segurança à identificação do eleitor. A informação é da Agência Brasil.

A nova tecnologia já havia sido utilizada nas eleições municipais de 2008 em três cidades pioneiras: Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC). A Justiça Eleitoral acredita que até 2018 todos os municípios brasileiros já realizem eleições com votação por meio da identificação biométrica do eleitor.

Como a leitura biométrica não permite que um eleitor não vote no lugar de outro, a tecnologia oferece mais segurança. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, depois de apresentar um documento oficial com foto, o eleitor terá sua identidade confirmada por meio do reconhecimento biométrico de suas impressões digitais. Caso haja dúvidas ou o não reconhecimento da digital, o mesário terá à sua disposição a folha de votação com as fotos de todos os eleitores daquela seção, à qual poderá recorrer para confirmação da identidade.

Mais presença nas urnas
Um índice de abstenção de 9% foi registrado no sistema biométrico, ao passo que a média nacional foi 18,12%, o que equivale a cerca de 24 milhões de pessoas. Há também um levantamento estatístico feito pelo TSE que aponta que em nenhum dos 60 municípios onde a tecnologia foi empregada registrou os maiores índices de abstenção.

Em São Fernando (RN) 3,96% do eleitorado local não compareceu às urnas. Outros dois municípios também contaram com a participação de quase todos os eleitores cadastrados: em Canoas (RS) o índice de abstenção foi de 6,01%, e em Balsa Nova (PR), de 5,39%.

Veja abaixo a lista de cidades que contam as urnas biométricas em algumas de suas zonas eleitorais:

UF MUNICÍPIO ZONA ELEITORAL ELEITORES

AC  Bujari  9ª 5548

AC Assis Brasil  6ª 4487

AL Rio Largo 15ª 39.145

AL Barra de Santo Antônio  17ª 7.519

AL Branquinha 9ª 6.007

AL Chã Preta  5ª 4.854

AL Igaci 45ª 15.505

AL Jaramataia  31ª 3.762

AL Poço das Trincheiras  50ª 7.318

AL Quebrângulo 28ª 7.841

AL São Miguel dos Milagres 33ª 4.557

AL Coité do Nóia 22ª 6.560

AL Maribondo 43ª 8.758

AP Ferreira Gomes 9ª 3.593

BA Pojuca 200ª 22.277

CE Eusébio 66ª 24.599

ES  Viana 47ª 34.870

ES Castelo 3ª 25.203

GO Hidrolândia 62ª 11.249

MA Paço do Lumiar 93ª 38.961

MA Raposa 93ª 12.598

MG São João del-Rei 256ª e 328ª 61.287

MG Pará de Minas 202ª 54.070

MG Curvelo 100ª 50.454

MG  Ponte Nova 224ª 40.132

MS Fátima do Sul 4ª 14.396

PA Capanema  25ª 41.820

PB Pedras de Fogo 44ª 17.050

PB Cabedelo 57ª 30.946

PE Ilha de Itamaracá 131ª 11.590

PE Itapissuma 131ª 13.581

PE Rio Formoso 26ª 13.375

PE Tamandaré 26ª 12.807

PI  Piracuruca 21ª 17.848

PI  Piripiri  11ª 38.020

PR Balsa Nova 182ª 8.071

RJ Armação dos Búzios 172ª 19.199

RN Macau 30ª 18.676

RN  Guamaré  30ª 10.207

RN Caraúbas 36ª 15.417

RN Alexandria 41ª 9.314

RN Pedro Avelino  48ª 5.362

RN Pilões 41ª 2.932

RN João Dias 41ª 2.304

RN São José de Mipibu  7ª  23.591

RN Nísia Floresta  67ª 14.037

RN São Fernando  45ª 2.925

RN Timbaúba dos Batistas  45ª 2.087

RO  Colorado do Oeste 8ª 12.854

RS Canoas 66ª, 134ª, 170ª e 171ª 216.456

SC São João Batista 53ª 16.884

SE Barra dos Coqueiros 36ª 12.469

SP Nuporanga 235ª 4.924

TO Pedro Afonso 23ª 6.964

TO Alvorada 14ª 5.702

TO Bom Jesus do Tocantins 23ª 2.428

TO Rio Sono 23ª 3.527

TO Talismã  14ª 1.570

TO Santa Maria do Tocantins 23ª 2.093

TO Figueirópolis 14ª 3.560

Com informações da Assessoria de Comunicação do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2010, 16h00

Comentários de leitores

1 comentário

Para que identificação biométrica?

www.eyelegal.tk (Outros)

Porque não confiam no cidadão civilmente identificado e agora vão fichá-lo no TRE?
Ninguém está se dando conta do que é isso?
O próximo passo deles vai ser colocar um chip em vocês.
Se fosse na polícia, todos os advogados sairiam correndo para o Supremo. O que está havendo?
As pessoas não podem ser tratadas como gado.
Esse sistema é um loucura de alguém do TSE.
Eles querem repassar para o cidadão a sua obrigação de fiscalizar o processo eleitoral.
O cidadão merece ser respeitado.
A identificação biométrica é um abuso e uma invasão da intimidade do cidadão.

Comentários encerrados em 08/11/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.