Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições 2010

Agnelo Queiroz é governador do Distrito Federal

Com mais de 100% das urnas apuradas, o ex-ministro dos Esportes do governo Lula, Agnelo Queiroz (PT) está eleito governador do Distrito Federal. O petista soma 875,6 mil votos, o que representa 66,1% do total, contra 449 mil (33,9%) de sua adversária, Weslian Roriz (PSC). O índice de abstenção no Distrito Federal foi de 19,3%, o que representa até agora 354 mil votos.

Weslian entrou na disputa pelo governo do DF depois de seu marido, Joaquim Roriz, renunciar à candidatura. O que provocou a renúncia de Roriz foi a indefinição do Supremo Tribunal Federal sobre a aplicação da Lei da Ficha Limpa para as eleições 2010.

As eleições nos estados das regiões Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste encerraram-se às 17h. Já nos estados do Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia, onde a diferença é de duas horas, as eleições se encerram às 19h de Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2010, 18h40

Comentários de leitores

4 comentários

"Raciossímio" de um tipo seboso

Richard Smith (Consultor)

"Elite paulista predadora e separatista" (?!) bem ilustra que o tipo seboso do "fessô" PeTralha, fujão, borra-cuecas, mistificador, anti-clerical, mentiroso, abortista, nfantil, escrôto, covarde, moleque, desrespeitador das mulheres (ufa!) tem, em abundância, na cabeça, o mesmo que o mestre Ruy Barbosa tinha nos intestinos!
Elite, sim, com certeza! Mas recebendo de volta 10 de cada cem reais que envia ao (des)governo federal, não poderia ser chamada propriamente de "predatória", não é? E CARREGANDO O BRASIL NAS COSTAS e acolhendo a maioria das vítimas dos (des)governo federal de outros estados, muito menos de "separatista". É por estes chavões e "raciossímios" que os PeTralhas são tão "respeitados" neste democrático espaço (e em qualquer lugar sadio e desinfetado também, né?).
Por derradeiro, de se lembrar: numa eleição "plebiscitária" com uma de segundo turno, 44% da população (e queiram-me desculpar a prepotência, mas uma brve análise do mapa elitoral po estado revela muita coisa) disse NÃO ao Abortista/Excomungado Sem-dedo e à sua candidata-títere, hoje, presidente-marionete.
Afora isso, tanto no primeiro, como no segundo turno, a oposição PSDB-DEM levou a governança de mais da metade da população e de 58% do PIB. Fossemos separatistas de fato, unindo São Paulo, Paraná (que já fez parte de São Paulo caso o ilustrado "fessô" desconheça!), Santa Catarina e Minas e constiuindo uma efetivamente progressista república à parte, o resto do Brasil estaria em muitíssimos maus lençóis, hein?

Conjur: não esconda a vitória de Dilma

Armando do Prado (Professor)

Dilma para desespero da elite predadora e separatista paulista foi eleita e governará para o povo.

Seis por meia dúzia x 2

Raphael F. (Advogado Autônomo)

Realmente é como o senhor JCláudio falou abaixo. Muitos, talvez a grande maioria que votou no Agnelo, viu neste a única alternativa contra a raça Roriz que infestou a capital federal. Raça esta que tornou comum a prática de invasão de terra pública, loteamento de cargos públicos, vultuosas e suspeitas obras e a total imposição do coronelismo. Pior que o tal Joaquim Roriz, que desistiu da candidatura após a indefinição da Suprema Corte acerca do seu julgado, seria a sua esposa. Pessoa que compara a administração de sua fazenda a de uma unidade da federação, ou que promete benefícios a quem buscou empréstimo junto ao banco estatal do DF, ou também que prometeu anistiar multas de trânsito aplicadas até setembro último... seu horário político e suas entrevistas eram, aliás são, motivos de chacota não só em Brasília, mas no Brasil inteiro. Vamos aguardar o senhor Agnelo. E torcer para que não se torne um ARRUDA SEGUNDO.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 08/11/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.