Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Record e Universal mordem a língua

Lucas Hildebrand (Advogado Sócio de Escritório)

O mais engraçado é que no domingo passado a Record veiculou longo notícia citando a decisão do TJSP como prova de que a igreja e seu líder nada devem e que a mídia de tendência católica havia cometido a maior das injustiças... Será que agora noticiarão a decisão do presidente do STJ?

Quebra de sigilo nos EUA de brasileiros

Sargento Brasil (Policial Militar)

Fico confuso ao ler essa notícia, vendo que os quebrados aqui, dentro de nosso território, causam polêmicas. Por outro lado, vejo que candidato vencedor nas ultimas eleições, está sendo procurado pela polícia inernacional, se escudando nas asas imunidade parlamentar.

Dr. José, as liberdades estão ressuscitando para o povo,

daniel (Outros - Administrativa)

Dr. José, as liberdades estão ressuscitando para o povo, pois até pouco tempo apenas bandidos é que tinham direitos neste país em razão de um lobby forte da advocacia criminal de tornar bandidos como santos e tratar as vítimas e sociedade como lixo.

E agora, José?

Cananéles (Bacharel)

O Brasil, finalmente, começa a aplicar os procedimentos investigatórios adotados pelos melhores e bem aparelhados sistemas judiciais do planeta. O estado democrático de direito está em perigo quando campeia a corrupção, a impunidade e o privilégio de uma casta em detrimento da maioria. A nossa constituição federal estabeleceu que a sociedade brasileira estará num patamar bem acima dos indivíduos, de sorte que só pensa diferente quem nunca leu a constituição, quem a leu mas não soube interpretá-la ou - a versão mais provável -, quem leu, não gostou do que leu e resolveu "emendá-la" ao seu talante, obviamente sob o viés de uma elite "não subversiva, desarmada, extremamente legalista e respeitadora dos direitos e garantias sociais dos cidadãos brasileiros". Sem filigranismos e circunvoluções, a ordem constitucional é que haja igualdade.

Comentar

Comentários encerrados em 4/11/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.