Consultor Jurídico

Notícias

Vida pregressa

Conselheiro quer rigor para ex-autoridades advogarem

Comentários de leitores

4 comentários

Quem Viola Prerrogativas Não pode ser Advogado

Cícero José da Silva (Advogado Autônomo - Criminal)

Com o devido respeito a quem entende de maneira diferente, é de vital importância não apenas a divulgação de todos aqueles que desrespeitam as prerrogativas dos Advogados, mas também que sejam impedidos de obter a Carteira que permite o exercício da nobre profissão.
Não me parece justo que um servidor público que desrespeita as prerrogativas profissionais, que diga-se de passagem, não pertence ao Advogado, mas sim ao seu constituinte, quando de sua aposentaria venha bater as portas da entidade que tanto desprezou.
Existem algumas autoridades que abominam a presença dos Advogados, sob o argumento de que somente atrapalham.
Os violadores das prerrogativas somente respeitam o Advogado quando respondem a algum processo, ou necessitam de um defensor para assistir um amigo, ou parente.
Cícero José da Silva
www.cicero.adv.br

Violação das prerrogativas dos advogados

CCB1949 (Contabilista)

O mui nobre conselheiro federal da OAB "propôs ao Pleno do Conselho da OAB a criação de um cadastro nacional de processos instaurados por "violação das prerrogativas dos advogados"...
De todo OPORTUNO que o PLENO do CONSELHO,possa,inclusive,adotar uma rigorosa pesquisa no CADASTRO NACIONAL dos inscritos,especialmente,se for cabível ou possível,no sentido de EXCLUIR o nome do advogado JOÃO RIBEIRO PADILHA OABSP 40385 brochura 40806 de SUSPENSO de ADVOGAR desde o ano de 1989 nos autos do PD 224/89 ACÓRDÃO 2464.
A PUNIÇÃO ali aplicada nega VIGÊNCIA ao DIREITO ADQUIRIDO,AO OBJETO LÍCITO e a COISA JULGADA na LEI 4215/63 ARTIGO 48 e seus INCISOS.Afronta a "dignidade da pessoa humana" e coloca no JAZIGO das LEI VIVAS, o Estatuto da ADVOCACIA ARTIGO 77.
O que,naqueles autos está praticado,sem dúvida é ato de violação das prerrogativas levadas a efeito na Seccional de São Paulo da OAB.Que,exige do punido o que a LEI 4215/63 lhe outorga sem mácula alguma.
SUGESTÃO:
Criar um CADASTRO apropriado na OAB FEDERAL e nas SECCIONAIS de investigação de atos espúrios e que denigre a imagem de um profissional da advocacia que sabe HONRÁ-LA em sua plenitude.
COM RESPEITO
JOÃO RIBEIRO PADILHA
77 anos de idade.
Impedido de Advogar contra o artigo 77 da Lei 89806/94
211010 quinta feira às 19h29

Sugestao

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Que tal começarmos pela nossa própria casa. O advogado Marcio Thomas Bastos enquanto esteve à testa do Min. da Justiça no governo Lula mandou invadir escritórios de advocacia, aparelhou a P.F. com operaçoes bárbaras e continua sendo a eminência parda do ministério no governo vermelho. Esqueceu-se de nossas prerrogativas constitucionais e a de todos os cidadaos brasileiros. Quer exemplo melhor?

Ética

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A problemática da ética do magistrado, notadamente em relação ao relacionamento com os advogados, não está adstrita somente aos Tribunais. Todos os dias há atritos entre magistrados e advogados, e abusos de todo gênero. Ainda há poucos minutos um Juiz Federal me olhava com cara de poucos amigos, certamente fervendo por dentro após ter abusivamente dado causa à instauração de um inquérito criminal contra mim, mesmo estando certo de que crime algum havia cometido, e agora deve responder ação por dano moral (o tribunal determinou o arquivamento do inquérito). Na verdade, ética é uma palavra proibida na magistratura (deve-se sempre lembrar os novos a nunca usar essa palavra, em hipótese alguma), vez que os juízes acreditam piamente que estão acima de tudo e de todos. Ética e códigos de ética para eles é coisa de reles mortal.

Comentar

Comentários encerrados em 27/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.