Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dualidade destrutiva

Marina oficializa neutralidade para o segundo turno

É oficial: Marina Silva (PV) optou pela neutralidade no segundo turno. O posicionamento foi confirmado na tarde deste domingo (17/10), durante uma votação simbólica realizada em convenção do partido. Dos cerca de 170 votantes, apenas quatro declararam apoio a Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB). A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Fernando Gabeira, candidato derrotado ao governo do Rio que contou com o apoio do PSDB no primeiro turno, também preferiu a neutralidade. A posição, no entanto, não se trata de uma restrição. Os filiados estão liberados para aderir às campanhas da petista ou do tucano.

Segundo Marina, "o fato de não ter optado por um alinhamento neste momento não significa neutralidade quanto aos rumos desta campanha". Ela aproveitou a ocasião para ler uma carta aberta com críticas. Para ela, a disputa entre PSDB e PT é uma “dualidade destrutiva”. Os dois partidos, disse, pregam a "mútua aniquilação" na disputa entre Dilma e Serra.

Quanto à pauta religiosa nessa fase da disputa, Marina, que é evangélica, disse que não usa sua fé como arma eleitoral. A agressividade do seu confronto pelo poder sufoca a construção de uma política de paz", declarou. A ex-presidenciável conquistou o terceiro lugar no pleito, obtendo 19,6 milhões de votos.

Revista Consultor Jurídico, 17 de outubro de 2010, 18h35

Comentários de leitores

5 comentários

atitude

Carlos José Marciéri (Advogado Autárquico)

Esperar o que da Marina, uma atitude, se ela não tem respaldo nem mesmo em seu Estado?
Somente quem não a conhece podem nela votar.
Quem se propõe a dirigir um país tem que ter atitude e a Marina mostrou que não tem, que foge de posições sérias em prol do Brasil. É só demagogia.

ATITUDE COERENTE

rogério lima (Estudante de Direito - Consumidor)

Parabéns, Marina Silva!!!
Tornaria a votar em você. Sabes que Deus esquadrinha a pessoa. Tudo pode, tudo sabe e tudo ver. Não adianta os cristãos falsos ou até mesmo verdadeiros tentarem entender os desígnios dos céus.
É deprimente ver hoje a autossuficiência do presidente Lula. Ilustre cidadão CABOTINO e acha-se que o mundo gira em torno dele ou a falsidade estampada em Serra e Dilma. Voltando atrás de posições históricas.Tudo por conta e ao sabor do marketing e da propaganda.
Espero em Deus que o ganhador deste pleito adote a firmeza e a humildade como maneira de governar. Aceitando o que é bom de Marina, Plínio e Lula. E esta aposta irei fazer em José Serra. Creio que este se filiará às coisas boas de todos os mencionados e não mais adotará o que fez de ruim noutros tempos. Inclusive, não privatizando nenhuma empresa estatal. a privitização para mim é sinônimo de incompetência. Esta conclusão não é de hoje. Há dez anos escrevi na seção judiciária do Jornal A tarde, contra a privatização do Banco do Brasil.
Rogério Lima.

Meu futuro

Flávio (Funcionário público)

Tenho cá com meus botões, que a Sra. Marina está usando o marketing do partido para auto promoção. Dificil acreditar nesta história de ambientalismo, que a bem da verdade a maioria não liga, só ficam esperando o governante tomar as providências possíveis para o setor. Para aqueles que votaram nela, a meu ver, demonstraram falta de personalidade, todos sabíamos que haveria segundo turno envolvendo PTxPSDB e deveriam fazer a opção já no 1° turno. O governo Lula fêz uma boa administração. Se quer continuar vote no PT, se quer mudança ,vote PSDB. Meu voto já decidi: quero continuar.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 25/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.