Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Posição política

Advogados organizam manifesto em apoio a Dilma

Os advogados Márcio Thomaz Bastos, Wadih Damous, Cezar Britto e Benedito Calheiros Bomfim organizam um ato de apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT). O manifesto “Profissionais do Direito com Dilma” será na próxima segunda-feira (18/10), na sede da Associação Brasileira de Imprensa, no Rio de Janeiro, a partir das 20 horas.

A intenção dos organizadores é incitar a comunidade jurídica a participar do debate para a escolha do próximo representando do país. O grupo também pretende destacar o trabalho de Dilma nos ministérios de Minas e Energia e da Casa Civil e durante os seus 40 anos de vida pública.

Durante a manifestação, os participantes deverão destacar ainda o trabalho feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a relação do governo federal com a imprensa. Para os advogados, o governo Lula não praticou ato de violação da liberdade de imprensa e há a mais ampla possibilidade de crítica ao funcionamento do governo e à conduta dos governantes.

No dia 22 de setembro, profissionais do Direito, cientistas políticos, historiadores, embaixadores e membros da classe artística fizeram o Manifesto em Defesa da Democracia, nas Arcadas do Largo de São Francisco, em São Paulo. O agravo serviu para repudiar as críticas feitas por Lula sobre os meios de comunicação.

A sede da ABI, onde acontece o evento de apoio a Dilma, está localizada na rua Araújo Porto Alegre, 71, no Rio de Janeiro.

Sentido oposto
O comando da campanha de José Serra (PSDB) articulou, esta semana, a divulgação de uma carta assinada pelo trio Aécio Neves (PSDB), Antonio Anastasia (PSDB) e Itamar Franco (PPS) em apoio ao candidato tucano à Presidência, de acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo.

O acerto foi o de que os três, que venceram nas urnas, devem assinar o documento a ser entregue para prefeitos e deputados eleitos durante evento com Serra. O objetivo é desarmar o "dilmasia", como foi batizado pelo PT o voto cruzado em Dilma Rousseff ao Planalto e em Anastasia ao governo.

Revista Consultor Jurídico, 14 de outubro de 2010, 16h22

Comentários de leitores

25 comentários

QUE FALEM POR ELES

ALVARO CARRASCO - ADVOGADO (Advogado Autônomo - Empresarial)

Sou Advogado e abomino a iniciativa dos tais colegas de anunciar apoio geral da classe à Dilma, bem como o título da matéria, pois são três ou quatro os idealizadores o manifesto, e não todos os advogasdos do Rio de Janeiro.

É simplesmente nojento esse ato

o corvo jus (Advogado Autônomo - Civil)

Sou advogado, è espuria essa atitude de meia duzia que se beneficia do poder e inclusive o doutor presidente tomar partido disso tudo gastando seu tempo em nome dos que não o autorizaram a agir por eles , devia ficar no seu gabinete trabalhando pela classe, é isso que da a famigerada REELEIÇÃO, o CARA FICA SE ACHANDO, que pode tudo , igual o alcolatra que acha que é Deus e tudo pode , acha que o país e dele e que ele é dono da vontade do povo ,dá nojo dessas atitudes gananciosas de poder.

Tenham bom senso

Sergio Mantovani (Advogado Associado a Escritório)

Esses senhores deveriam ter bom senso, isto para não dizer vergonha na cara, e deveriam ou manter-se silentes ou então dizerem que atuam em nome próprio, e não em nome de uma classe. Mais uma vez, usam a OAB indevidamente. Aliás, conduta desse jaez só poderia ter nascido de petistas.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.