Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Identidade visual

Justiça Federal vai lançar logomarca única

Com a intenção de consolidar a imagem, a Justiça Federal terá uma identidade visual única, traduzida em uma nova logomarca. A imagem deverá ser usada por todas as instituições que a compõem, como o Conselho da Justiça Federal, os tribunais regionais federais e as respectivas seções judiciárias. Na última quarta-feira (27/9), ficou decidido que os cinco TRF’s e o CJF terão um prazo de 60 dias para apresentarem propostas de logomarca.

A Assessoria de Comunicação Social da Justiça Federal já vem trabalhando no sentido de conferir ao nome do órgão uma homogeneidade. A ideia é construir uma identidade institucional unificada e sólida.

A assessora de comunicação do CJF, Roberta Bastos, apresentou aos conselheiros uma síntese do projeto e mais quatro sugestões de logomarca. Elas foram selecionadas pelo Comitê de Planejamento Estratégico da Justiça Federal e pelo Centro de Produção da Justiça Federal, mas os conselheiros decidiram esperar por novas sugestões.

De acordo com a assessora, a falta de uma identidade institucional contribui para que a marca seja pouco compreendida. “O Conselho da Justiça Federal, como órgão central da instituição, tem um papel-chave na promoção de uma política de comunicação voltada à afirmação dessa identidade”, justifica. Atualmente, cada TRF possui sua própria identidade visual. Como ela lembra, cada site tem um layout diferente, por exemplo.

Qualquer servidor ou magistrado da Justiça Federal poderá colaborar com ideias. Elas deverão ser encaminhadas às presidências dos tribunais ou à Secretaria-Geral do CJF até o dia 3 de dezembro de 2010. Com informações da Assessoria de Comunicação do CJF.

Revista Consultor Jurídico, 6 de outubro de 2010, 7h22

Comentários de leitores

2 comentários

Logomarca não pode

www.eyelegal.tk (Outros)

De onde foi que eles tiraram essa idéia?
A Justiça não pode usar logomarca porque a Justiça não tem motivos para usar uma marca.
Ela só pode usar os símbolos oficiais definidos em lei.
A Justiça Federal usa as Armas da República e a Justiça Estadual o brasão do seu respectivo Estado.
Pensamos que o Ministério Público Federal deveria se manifestar a respeito disso, antes que gastem milhões para criar e promover essa tal "marca", até que o Supremo reconheça e que parece evidente.
Uma medida para confundir a população.
Com certeza vão fazer até campanha de televisão.
Estão aprendendo com o Executivo.

Parece até piada

Elza Maria (Jornalista)

Logomarca de uma justiça. Se as decisões não tiverem qualidade, se os juízes continuarem a externar um melindre exagerado, próprio de pessoas extremamente sensíveis que não conseguem lidar com a crítica às próprias decisões, se a qualidade das decisões não melhorar, mas continuar como está, sem fundamentos razoáveis e convincentes, o que as transforma e atos de arbitrariedade e não de julgamento, bem, então essa logomarca estará destinada ao mais retumbante fracasso. Afora este aspecto, imagine-se que outras justiças adotem também uma logomarca. Pronto, teremos uma competição de justiças. Qual será a melhor? Poderá o jurisdicionado optar por uma em detrimento da outra? Como isso não é possível, dado que a competência do juiz vincula o jurisdicionado, todas as logomarcas veicularam uma propaganda enganosa, e incorrerão nos ilícitos previstos no Código de Defesa do Consumidor. Hahahahaha! Que grande piada.

Comentários encerrados em 14/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.