Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Boca de urna

Polícia Federal detém Reginaldo Lopes em Minas

O deputado federal Reginaldo Lopes, presidente do PT de Minas Gerais e candidato à reeleição, foi detido pela Polícia Federal por fazer boca de urna em São João Del-Rei, a 180 quilômetros de Belo Horizonte. De acordo com informações da PF divulgadas pela Folha de S.Paulo, Lopes foi denunciado por uma juíza da cidade, que considerou sua atividade irregular e acionou os agentes federais.

O candidato foi levado para prestar esclarecimentos, assinou um termo de ocorrência e foi liberado, segundo a Folha. Apesar de não ter sido encontrado para falar sobre o caso, Lopes escreveu em sua página no Twitter: "Atendi ao pedido da Justiça Eleitoral para prestar esclarecimentos, não é verdade que fui preso por fazer boca de urna!!!".

O jornal também divulgou balanço da Polícia Militar, que ainda não contava com a detenção de Lopes, mas divulgava que 53 pessoas foram presas em Minas por boca de urna. Do total, seis são candidatos. Estão na lista a candidata a deputada federal Maria Junia Pereira Sobrinho (PSDC) e os candidatos a deputado estadual Cláudio Pereira Santos (PV), Manassés Frois de Almeida (PRTB), Marco Túlio de Jesus (PTdoB) e Vanderlei da Silva Gusmão (PCdoB).

Revista Consultor Jurídico, 3 de outubro de 2010, 16h15

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.