Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições 2010

Dezessete senadores conseguem se reeleger no país

Dos 26 senadores que tentaram a reeleição este ano, 17 devem se reeleger. Diferente do que a acontece na Câmara dos Deputados, onde a maior parte das tentativas de reeleição parte de representantes da região Sudeste, no caso do Senado a região Nordeste foi a que teve mais candidatos.

Ao todo, 54 senadores foram escolhidos pelos brasileiros. Com 92,2% das urnas apuradas, contabilizou-se que o número de votos válidos foi de 93,4 milhões de votos. O país tem ao todo 136 milhões de eleitores. O número de votos nulos somou 5,5 milhões. As abstenções, 22,3 milhões, e os votos brancos, 3,2 milhões.

PMDB e PT foram os partidos que mais elegeram seus candidatos: 15 e 11, respectivamente. Os tucanos (quatro eleitos) e os democratas (dois eleitos) tiverm um resultado pífio. Os candidatos que concorrem sub judice não tiveram os seus votos relevados pela Justiça Eleitoral.

Em São Paulo, apenas Romeu Turma tentou continuar no cargo. Durante a campanha teve problemas de saúde, mas não desistiu de concorrer. Aloysio Nunes (PSDB) e Marta Suplicy (PT), que concorre para ocupar uma cadeira ao lado de seu ex-marido Eduardo Suplicy, devem se eleger. O cantor Netinho (PCdoB), que aparecia em segundo lugar nas pesquisas pre-eleitorais,  ficou em terceiro lugar na votação.

Em Goiás, Demóstenes Torres (DEM) e Lúcia Vânia (PSDB) conseguiram a reeleição. Ele obteve 44% dos votos e a candidata tucana, 30,5%.

Ao contrário dos goianos, os eleitores do Piauí não reelegeram os seus dois senadores: Heráclito Fortes (DEM) e Mão Santa (PSC), que foi o terceiro mais votado no estado. No momento em que 73% das urnas foram apuradas, ele recebeu 14% dos votos. Os eleitos foram Wellington Dias (PT) e Ciro Nogueira (PP).

Outros tradicionais nomes da política brasileira também não conseguiram uma vaga no Senado: Marco Maciel (DEM-PE), Tasso Jereissati (PSDB-CE), Efraim Moraes (DEM-PB) ficaram em terceiro lugar na votação de seus respectivos estados e perdem a vaga.

Comemoram a reeleição, Cristovam Buarque (PDT-DF), Delcídio Amaral (PT-MS), Edison Lobão (PMDB-MA), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Garibaldi Alves (PMDB-RN), José Agripino (DEM), Romero Jucá (PMDB-RR), Paulo Paim (PT-RS) e Marcelo Crivella (PRB-RJ).

Veja os eleitos para o Senado, por partido:

DEM
José Agripino (RN)
Demóstenes Torres (GO)

PCdoB
Wanessa Grazziotin (AM)

PDT
Cristovam Buarque (DF)

PMDB
Edson Lobão (MA)
Eduardo Braga (AM)
Eunício Lopes (CE)
Garibaldi Alves (RN)
Gilvam Borges (AP)
João Alberto (MA)
Luiz Henrique da Silveira (SC)
Marcelo Miranda (TO)
Nilson Santiago (PB)
Renan Calheiros (AL)
Ricardo Ferraço (ES)
Roberto Requião (PR)
Romero Jucá (RR)
Valdir Raupp (RO)
Vitalzinho (PB)

PMN
Petecão (AC)

PP
Ana Amélia Lemos (RS)
Benedito de Lira (AL)
Ciro Nogueira (PI)

PPS
Itamar Franco (MG)

PRB
Marcelo Crivella (RJ)

PSC
Eduardo Amorim (SE)

PSB
Antonio Carlos Valadares (SE)
Lidice (BA)
Rodrigo Rollemberg (DF)

PSDB
Aécio Neves (MG)
Flexa Ribeiro (PA)
Luciana Viana (GO)
Paulo Bauer (SC)

PSOL
Marinor Brito (PA)
Randolfe (AP)

PR
Blairo Maggi (MS)
João Ribeiro (TO)
Magno Malta (ES)

PT
Angela Portela (RR)
Delcídio Amaral (MS)
Fátima Cleide (RO)
Gleisi Hoffmann (PR)
Humberto Costa (PE)
Jorge Viana (AC)
José Pimentel (CE)
Lindberg Farias (RJ)
Paulo Paim (RS)
Walter Pinheiro (BA)
Wellington Dias (PI)

PTB
Armando Monteiro (PE)

Revista Consultor Jurídico, 3 de outubro de 2010, 20h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.