Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo na casa

André Von Melentovytch é escolhido para o TJ do Rio

O advogado André Emílio Ribeiro Von Melentovytch foi nomeado, nesta terça-feira (30/11), desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pelo governador do Estado Sérgio Cabral Filho. André Emílio foi o mais votado na lista tríplice formada, na segunda, pelo Tribunal Pleno do TJ fluminense, com 127 votos.

André Emílio se formou em Direito pela faculdade Estácio de Sá, em 1991. Começou a carreira como estagiário do escritório Ruy Ribeiro. Saiu em 1999 para fundar a Roca, Ribeiro Associados, com atuação em várias áreas do Direito. Neste escritório, prestou serviços, por meio de convênios, aos militares do Exército e Aeronáutica e seus dependentes.

Em 2004, voltou ao escritório Ruy Ribeiro, onde permanece como sócio, exercendo a advocacia de consultoria e contencioso nas áreas de Direito Civil, Administrativo, Empresarial, Penal e Penal Militar, com atuação na primeira instância da Justiça Estadual e Federal.

O advogado concorria à vaga pelo quinto constitucional da advocacia com os colegas João Alberto Romeiro e Luiz Octavio Rocha Miranda Costa Neves. A vaga foi aberta com a aposentadoria compulsória do desembargador Raul Celso Lins e Silva. A OAB do Rio de Janeiro vai votar mais três listas a ser encaminhadas ao TJ fluminense.

Revista Consultor Jurídico, 30 de novembro de 2010, 15h57

Comentários de leitores

2 comentários

Nobre alemão ou prussiano e onomástico do dia.

João Augusto de Lima Lustosa (Advogado Sócio de Escritório)

Parabens a dias melhores desta Justiça que tem que se socorrer do CNJ. Um von, hoje, depurado da catarse pela qual nós brasileiros e americanos felizmente não passamos, abençoado pelo santo desta data, Santo André, de quem deve ser devoto. Os melhores votos de uma judicatura livre de peias dos degraus que escravizam a JUSTIÇA.

Na Alemanha?

Armando do Prado (Professor)

Pensei que era na Corte Constitucional da Alemanha, pois o nome é da nobreza da Prússia.

Comentários encerrados em 08/12/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.