Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Twitter e Facebook

OAB-PE processa aluna de Direito por racismo

A OAB de Pernambuco entrou com ação contra uma jovem paulista acusada de publicar mensagens racistas no Twitter e no Facebook. Segundo a OAB-PE, a estudante de direito fez uma série de ataques contra os nordestinos no domingo (31/10), após a eleição da presidente Dilma Rousseff (PT). A informação é do portal da revista Exame.

Depois de atribuir a vitória da petista à votação obtida pela candidata nos estados do Nordeste, ela publicou em sua conta mensagens como “Nordestisto (sic) não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!”.

Após o anúncio do resultado das eleições, uma série de mensagens preconceituosas e difamatórias contra nordestinos foram publicadas no microblog. O site “Xenofobia Não” capturou e republicou algumas delas. O assunto apareceu entre os Trending Topics do Twitter na noite de domingo.

A estudante deverá responder por crime de racismo e incitação pública de prática de crime, com penas previstas de dois a cinco anos e de três a seis meses ou multa. A jovem excluiu suas contas no Twitter e no Facebook, redes sociais em que ela publicou os ataques.

Questão de ética
Nesta quarta-feira (3/11), o escritório de advocacia Peixoto e Cury Advogados alegou que já havia demitido Mayara Petruso antes do episódio preconceituoso no Twitter. Petruso trabalhava como estagiária no escritório e seu nome passou a ganhar notoriedade nas redes sociais (em alguns casos associado ao escritório) por ter postado mensagens discriminando nordestinos no Twitter. “Nordestisto [sic] não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado”, tuitou, após a vitória de Dilma Roussef nas eleições presidenciais.

O escritório de advocacia informou em nota que “Mayara Petruso foi sua estagiária, porém, não faz mais parte dos quadros do escritório”. A empresa afirma só ter descoberto o ocorrido pela mídia e nega que a demissão tenha sido causada pelo episódio no Twitter. Sem revelar datas ou especificar motivos, "por uma questão de ética", a assessoria de comunicação do escritório confirmou ao portal UOL mais de uma vez que Mayara foi demitida antes do episódio que ganhou repercussão na web.

Ainda que a estudante tenha removido o perfil da rede social, vários usuários deram prints nas mensagens e postaram em sites como o xenofobianao. Outra informação provavelmente retirada de seus perfis em redes sociais foi o local onde ela trabalhava: o escritório de advocacia. Confira abaixo o comunicado da empresa na íntegra (a informação sobre as datas foi passada ao portal UOL por telefone):

"O Peixoto e Cury Advogados confirma que a estudante de Direito, Mayara Petruso foi sua estagiária, porém, não faz mais parte dos quadros do escritório. Com muito pesar e indignação, lamenta a infeliz opinião pessoal emitida, em rede social, pela mesma, da qual apenas tomou conhecimento pela mídia e que veemente é contrário, deixando, assim, ao crivo das autoridades competentes as providências cabíveis."

Revista Consultor Jurídico, 3 de novembro de 2010, 18h43

Comentários de leitores

9 comentários

DILMA VENCERIA MESMO SEM O NORTE E O NORDESTE

FEITOSA (Advogado da União)

Os número da eleição não mentem: Dilma venceria mesmo sem os votos do Norte-Nordente, que, segundo os críticos, foram decisivos. Excluindo-se as duas regiões apontadas como responsáveis pela vitória da candidata, Dilma teria 50,21% do votos, contra 49,79% de Serra. (fonte: www.gazetadopovo.com.br/votoconsciente/dilma/conteudo.phtml?id=1063758)

ESTUDEM BIOGRAFIAS...

Raul Haidar (Advogado Autônomo)

Estudante de direito que pretenda ofender nordestinos revela absoluta ignorância sobre a história da ciência do direito no Brasil. Todos os que estudam direito (esse estudo não tem fim...)muito devemos ao cearense Clovis Bevilacqua, ao alagoano Pontes de Miranda, ao baiano Aliomar Baleeiro, ao paraibano Djaci Falcão e a tantos outros grandes brasileiros. Nós, os triburaristas, diariamente nos iluminamos com as lições do piauiense Hugo de Brito Machado. E tem mais: todos eles brilharam não apenas no seu estado, mas em todo o Brasil e são reconhecidos internacionalmente pela sua cultura jurídica! O castigo a essa jovem deveria ser estudar a biografia de todos esses grandes brasileiros e a de Rui Barbosa também!

...

Fabrício (Advogado Autônomo)

A despeito dos lamentáveis comentários - que deveriam ser objeto apenas de nosso desprezo - estamos aguardando que o Conselho Federal da OAB tenha a mesma iniciativa em relação ao Sr. Excelentíssimo Senhor Presidente da República, e que tome as providências cabíveis para processá-lo por crime de racismo quando atribuiu, em 2009, a "gente branca, loira, de olhos azuis" a responsabilidade pela crise financeira internacional.
Pimenta nos olhos dos outros é colírio, certo?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 11/11/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.