Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Chama azul

PF faz operação contra cartel de gás de cozinha

Cerca de 160 policiais federais cumpriram, na quinta-feira (11/3), 14 mandados de prisão temporária e 28 de busca e apreensão nos Estados da Paraíba, Pernambuco, Ceará, Bahia e São Paulo a fim de coibir a ação de grupos responsáveis pela distribuição de gás de cozinha, Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). O grupo praticava ajuste de preço e reserva de mercado, caracterizando formação de cartel. A informação é da Agência Estado.

A Operação Chama Azul foi desencadeada em parceria com a Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça e Ministério Público do Estado da Paraíba, onde foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão na cidade de João Pessoa e mais três em Campina Grande. Os acusados são empresários e funcionários de empresas distribuidoras ou revendedoras de GLP, segundo a PF, que ainda não divulgou o número de presos.

A apuração teve início a partir de procedimento de investigação preliminar instaurado no Ministério Público do Estado de Pernambuco, que solicitou informações à Agência Nacional de Petróleo, a qual apresentou notas técnicas indicando que em Campina Grande haveria indícios de prática concertada de preços após a análise da distribuição e revenda de GLP naquela cidade.

Revista Consultor Jurídico, 12 de março de 2010, 18h21

Comentários de leitores

1 comentário

Operação blablablá.

olhovivo (Outros)

Cartéis de gás? E os cartéis do tráfico e de armas? Estes crescem vertiginosamente, sob total inoperância da PF. "Me enganem que eu gosto"!

Comentários encerrados em 20/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.