Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Programa de intercâmbio

Gilmar Mendes recebe juízes da China, Índia e Rússia

Cinco juízes estrangeiros se reuniram com o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, para a cerimônia de abertura do 1º Programa de Intercâmbio de Magistrados do Fórum Bric – Brasil, Rússia, Índia e China. Na manhã desta segunda-feira (1/3), aconteceu a cerimônia de abertura do evento. A ideia é que juízes desses países conheçam as respectivas estruturas do Poder Judiciário.

De acordo com o ministro Gilmar Mendes, o Brasil ocupa lugar de destaque no âmbito do Poder Judiciário. O país vive uma das maiores democracias vitais e ativas do mundo. “Temos que nos integrar mais e mais nesse processo de cooperação”, declarou Gilmar Mendes.

Outro motivo para o encontro é que o Brasil sediará o Encontro Mundial de Cortes Constitucionais, no Rio de Janeiro, em janeiro de 2011. O ministro afirmou que o país tem um Judiciário bastante diferenciado e independente com a concepção de autonomia administrativa e financeira muito acentuada.

Os visitantes percorrem os tribunais superiores e participam de palestras e colóquios até o próximo dia 12. Eles conhecerão o processo virtual, o papel da Justiça Eleitoral, com um sistema de votação moderno e eleições seguras e também a TV Justiça. A emissora desperta interesse nos visitantes de outros países por causa da transmissão ao vivo das sessões plenárias.

O intercâmbio também é coordenado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). “Creio sinceramente que isso vai evoluir para a congregação de outros países na área da cooperação judiciária internacional”, afirmou o ministro Fernando Gonçalves, presidente da Enfam. Com informações da Assessoria de Imprensa do Supremo Tribunal Federal.

Revista Consultor Jurídico, 1 de março de 2010, 16h21

Comentários de leitores

1 comentário

E a Justiça do Trabalho?Não vão mostrar???

Mig77 (Publicitário)

É preciso dizer que temos 3,5 milhões de reclamações trabalhistas por ano neste país.Aconselho o acompanhamento de cardiologistas junto aos membros visitantes.Não é por nada não!!!O medo deles é de vazar isso nos paises deles.Enquanto tem só aqui, eles estão ganhando.E muito!!!Vai ser um tal do chines pedir hora extra (só as que ele não trabalhou,como por aqui), periculosidade, licença paternidade do funcionalismo público, 3,4 aposentadorias.Vai que penduraram o chines no pau de arara ou só ficou uns dias numa sala do Dops de lá.Vai ganhar uma nota.É...é melhor manda-los embora rápido...

Comentários encerrados em 09/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.