Consultor Jurídico

Comentários de leitores

6 comentários

Pois é, Ed Mac...Assassinaram o português!

Diego. S. O. (Advogado Autônomo - Civil)

...

Moderação dos comentários

Ed Gonçalves (Bacharel)

A par de alguns comentários completamente impertinentes por nada terem de jurídico num espaço eminentemente jurídico, dói nos olhos ler palavras como "hipocresia". Realmente a educação básica nesse país vai bastante mal.

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: VIADAGEM FAZ BEM À SAÚDE

Junior (Advogado Autônomo)

UÉ: NÃO ENTENDI.VIADAGEM NÃO ESTÁ NA MODA???

Contradições da aplicação do Direito.

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

De um lado pune-se aquele que exprimir preconceito contra os homossexuais, pois a proteção de que ninguém pode ser discriminado em razão sexo foi alargada para garantir também a opção sexual que é o modo como se pratica o sexo, e não o sexo em si enquanto gênero do sujeito (homem ou mulher).
.
Por outro lado, admite-se a existência do preconceito a justificar reparação quando alguém é considerado homossexual sem sê-lo. Dizer de quem é heterossexual que é homossexual constitui ofensa indenizável. Se o preconceito contra os homossexuais não pode exprimir-se, também não poderia ser justificativa para indenização.
.
Do jeito que as coisas estão, o problema é insolúvel. Quem manifestar preconceito contra o homossexual deve indenizá-lo. Quem chamar insinuar que um heterossexual é homossexual, deve indenizá-lo. Por simetria, quem insinuar que um homossexual é heterossexual, também deverá indenizá-lo. Quem manifestar preconceito contra o heterossexual, também deverá indenizá-lo. Assim, indaga-se: que valor moral deve ser efetivamente cultivado pelas pessoas? A resposta deve ser capaz de estabelecer um valor que, ao ser expresso não gerará a obrigação de indenizar.
.
(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – Mestre em Direito e doutorando pela USP – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

Cruzes...!!!!

Roland Freisler (Advogado Autônomo)

E onde fica o orgulho gay? que sujeito homofóbico esse servidor.....

INCONGRUENCIA OU HIPOCRESIA !?

Luiz Pereira Carlos (Técnico de Informática)

Ora...Ora...Ora...
*
Que absurdo é esse, se não pode haver discriminação, se todos são iguais perante a lei,o que tem haver comparar um negro com um branco, um homossexual com um pai de familia !?
*
São coisas que ficam difil de entender, se voce comparar um criminoso com um homossexual, um pai de familia ou com um negro ou com um branco é admissivel uma discriminação se o pai de familia, o negro, o branco e o homossexual não fore criminosos
*
Com a palavra os Juristas mais competentes pra nos orientar, por favor.

Comentar

Comentários encerrados em 31/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.