Consultor Jurídico

Notícias

Solução para os recursos

OAB muda regras para o Exame de Ordem

Comentários de leitores

4 comentários

ISENÇÃO TOTAL DA TARIFA DE FORMA IMEDIATA

Fernanda Fernandes Estrela (Assessor Técnico)

1 - Poderiam se ocupar de baixar uma portaria, decisão, determinação, não importa o nome, declarando que a prova da OAB/SP é isenta de custos a todos os candidatos, pois pagar R$ 200,00 é absurdo num país onde o salário mínimo é R$ 510,00, especialmente se ALGUÉM LEVAR EM CONTA QUE AQUELE QUE ESTÁ PRESTANDO A OAB NÃO ESTÁ EMPREGADO AINDA, ou se está, não GANHA COMO ADVOGADO, logo tal preço é alto demais e arrebenta qualquer bolso;
2 - Isenção imediata para esta tarifa, ou redução a 10% do valor, o que, certamente será mais justo, considerando, ainda, que se o candidato for aprovado em segunda fase, passará a pagar a mensalidade da OAB...

OBEDIÊNCIA E RESPEITO !!!

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

ESPERO QUE O CONSELHO SECCIONAL DE SÃO PAULO OBEDEÇA A RESOLUÇÃO E NÃO FAÇA O QUE FEZ COM O PROVIMENTO 102/2004, DO MESMO CONSELHO FEDERAL, QUE RESULTOU NA NOMEAÇÃO DE UM ADVOGADO AO QUINTO CONSTITUCIONAL NO TJMESP E QUE NUNCA ATENDEU AOS REQUISITOS EXIGIDOS.
acdinamarco@aasp.org.br

OAB COMENTÁRIOS.

Azevedo, (Outros)

Doutos (oabenses), será que não desconfiaram ainda que é inconstitucional vetar a feitura da segunda prova?, independente do resultado da primeira?Concordo plenamente com os comentários anteriores, Isto é uma vergonha....

FINALMENTE

dinarte bonetti (Bacharel - Tributária)

Em boa hora a decisão da OAB, para que se evitem absurdos como o ocorrido em meu caso.
Passei na primeira fase com 60 pontos, e fui para a segunda fase com a opção Tributario, tendo acabado de fazer uma pós em Direito Tributario. Acabei reprovado por 0,8 pontos, sem alteração da nota no recurso.Provavelmente sei mais de Direito Tributario do que o Examinador que corrigiu minha prova e a revisão.E sem nenhuma chance de apelação, na decisão evidentemente errada do cidadão que corrigiu minha prova.

Comentar

Comentários encerrados em 27/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.