Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Maria da Penha

Homem é preso por não manter distância da ex

De acordo com o jornal Diário do Grande ABC, a Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira (23/6) um vigia, de 43 anos, acusado de não cumprir uma medida judicial. Ele deveria ficar a pelo menos 200 metros de distância da ex-companheira, uma auxiliar de limpeza de 36 anos. O caso ocorreu em São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo.

"Este é o primeiro caso no Brasil em que um homem é preso sem chegar a agredir a mulher, o que mostra um grande avanço na Lei Maria da Penha", disse a delegada Regina Célia Issi, titular da 7ª Delegacia de Defesa da Mulher, que fica em Itaquera.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o vigia já havia ameaçado a mulher diversas vezes. Em fevereiro deste ano, a auxiliar de limpeza prestou queixa criminal contra o homem, relatando que ele constantemente a ameaçava com uma faca e amedrontava os três filhos do casal - dois meninos, de 4 e 7 anos, e uma menina, de 9.

Depois disso, a Polícia instaurou inquérito para investigar o caso e a Justiça determinou medidas protetivas de urgência. O vigia não cumpriu a ordem e continuou a ameaçar a mulher, que fez nova queixa à Polícia. A delegada imediatamente pediu a prisão preventiva.

Revista Consultor Jurídico, 24 de junho de 2010, 14h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/07/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.