Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Avanços e problemas

MJ lança diagnóstico do Ministério Público da União

O secretário executivo do MJ, Rafael Favetti, o secretário de Reforma do Judiciário, Rogério Favreto, o ministro Luiz Paulo Barreto, e o procurador-geral, Roberto Gurgel, no lançamento do 2º Diagnóstico sobre o MP da União e dos Estados - Roosewelt Pinheiro/ABr

O Ministério da Justiça e o Ministério Público da União lançaram, nesta segunda-feira (21/6), o 2º Diagnóstico do Ministério Público da União e dos Estados. Uma comissão foi criada para fazer o trabalho que será comandado pela Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça e contará com a participação de membros dos Ministérios Públicos Federal, do Trabalho e Militar. A notícia é da Agência Brasil.

Segundo o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, o diagnóstico vai permitir uma identificação dos problemas e avanços do Ministério Público da União, assim como das instituições estaduais. “[Isso] vai possibilitar corrigir os problemas e potencializar os avanços”, afirmou.

Para o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, a iniciativa é fundamental para que os próprios membros da instituição a conheçam melhor. “[Essa avaliação] proporciona elementos de autoavaliação para que o Conselho Nacional do Ministério Público possa levar adiante sua ação no sentido de liderar o planejamento do Ministério Público como um todo”, disse.

Entre as informações que o diagnóstico vai abordar estão questões relativas ao quadro de pessoal, à remuneração e às perspectivas sobre a instituição.

[Na foto: da esquerda para a direita, o secretário executivo do MJ, Rafael Favetti, o secretário de Reforma do Judiciário, Rogério Favreto, o ministro Luiz Paulo Barreto, e o procurador-geral Roberto Gurgel — Roosewelt Pinheiro, Agência Brasil]

Revista Consultor Jurídico, 21 de junho de 2010, 17h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/06/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.