Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo horário

Expediente em Rondônia será das 7 às 14 horas

A partir de 2 de agosto, o atendimento em todas as unidades do Poder Judiciário de Rondônia será das 7 às 14 horas. Hoje em dia, os servidores em funções comissionadas ou gratificadas cumprem expediente das 7h às 14h e complementam o horário das 16h às 18h. Com a mudança, todos os funcionários do Judiciário estadual entrarão terão expediente das 7h às 14h. Na mesma data entrará em vigor o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos servidores do Tribunal de Justiça de Rondônia.

O presidente do TJ-RO, desembargador Cássio Rodolfo Sbarzi Guedes, disse que o bem-estar do servidor e a economia para a instituição são os principais benefícios da mudança. De acordo com um estudo de averiguação de impacto, a redução de gastos com o novo horário pode chegar a R$ 4 milhões anuais.

Desde o início do ano, os servidores opinaram em pesquisa no site do TJ. “O resultado foi fundamental para encaminhar o processo de adoção do novo horário”, explicou Guedes. A pesquisa feita em janeiro registrou mais de 90% da preferência pelo horário das 7 às 14 horas.

A implantação de expediente único no Poder Judiciário atende, conforme atestou o estudo da Secretaria Administrativa, à economia de recursos materiais e naturais e tem o objetivo de subsidiar a regulamentação do horário de trabalho, conforme disposto na Resolução 88/2009, do Conselho Nacional de Justiça.

Os impactos financeiros da mudança, segundo o estudo, por um período de 12 meses, trarão maior economia para a opção de sete horas. Essa economia diz respeito às reduções na utilização de materiais elétricos, de limpeza e higienização, copos descartáveis, café e insumos, água potável e mineral, além de energia elétrica e a redução nas despesas com o auxílio transporte. O percentual de economia, segundo o estudo, é de 34%. Tais recursos poderão ser investidos conforme prioridade da administração, como por exemplo, na contratação de novos servidores ou construção de novos prédios nas comarcas do interior do estado. Com informações da Assessoria de Imprensa to TJ-RO.

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2010, 3h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/08/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.