Consultor Jurídico

Notícias

Operação Condor

Major uruguaio é extraditado para a Argentina

O major uruguaio Manuel Juan Cordeiro Piacentini foi extraditado neste sábado (23/1) para a Argentina. Por volta do meio-dia, o militar foi entregue pela Polícia Federal às autoridades argentinas na ponte internacional que liga Uruguaiana (RS) a Paso de los Libres, de acordo com informações da Agência Brasil.

O major uruguaio é acusado de participar da chamada Operação Condor, que na década de 70, no  Brasil, na Argentina, no Chile, na Bolívia, no Paraguai e Uruguai articulou a repressão política contra opositores da ditadura. 

Cordeiro Piacentini estava internado em Sant'Ana do Livramento, a cerca de 200 quilômetros de Uruguaiana, desde o último dia 19. O major, que é cardíaco, alegou mal súbito durante a semana quando a Polícia foi buscá-lo. A Polícia Federal aguardou liberação médica para fazer a extradição.

A extradição de Cordeiro Piacentini foi pedida pela Justiça argentina há cerca de cinco anos. Em 6 agosto de 2009, o Supremo Tribunal Federal autorizou a extradição. Além da Argentina, o Uruguai pediu a extradição do militar. O STF decidiu pelo pedido da Argentina, pois o suposto sequestro ocorreu naquele país.

Revista Consultor Jurídico, 23 de janeiro de 2010, 20h24

Comentários de leitores

2 comentários

a verdadeira face da CORJA petralha

hammer eduardo (Consultor)

Esse caso bem serve para os desinformados e desprovidos de carater em variadas formas , uma avaliação bem atualizada de como age na pratica a QUADRILHA do apedeuta 9 dedos.
Como esse Uruguaio é considerado "de direita" , foi rapidamente entregue para julgamento numa cerimonia de atravessar ponte fronteiriça entre os 2 Paises e outras papagaiadas tipicas de filmecos de Hollywood.
Por outro lado a CORRUPTOCRACIA PETRALHA praticou atos diferentes quando haviam interesses esquerdistas em jogo. Lembremos da rapida "captura e devolução" dos boxeadores Cubanos que foram caçados na calada da noite pela "gestapo" do guerrilheiro tarso genro , colocados as pressas num avião VENEZUELANO de volta a Cuba ( vejam o tamanho da lambança pois aqui temos mais 2 estrumes que são o hugo chavez e o "defunto ainda vivo" do fidel castro). Este caso pela gravidade e o festival de violações praticadas merecia um filme pois foi um escandalo muitissimo bem abafado padrão bomba do Riocentro em 1981.
O outro caso NOVAMENTE envolvendo esta piada que se diz "ministru" da justiça é o caso Bostistti que jogou um abacaxi do tamanho do Maracanã no colo daquele STF devidamente "vendido" e que depois resvalou para o colo do apedeuta que agora esta esperando aquela famosa "prorrogação" de tempo dada pela imprensa para deixar a bomba esfriar. Lembremos que temos boas relações com a Italia e HOJE damos abrigo politico a um declarado TERRORISTA e HOMICIDA que matou sem a menor cerimonia e a sangue frio.
Esta é a verdadeira face desta CORJA vermelha que enrola o Brasil para presente e ainda pretende continuar enquanto for possivel mentir e comprar esfomeados com esmolas sociais. Eta povinho BUNDA o nosso!

Engraçado

Gory_sp (Advogado Autônomo)

Independente de ideologias; qual a diferença deste Coronel para o Sr. Batistini ?
2 pesos e uma medida.
Belo Regime Democratico...

Comentários encerrados em 31/01/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.