Consultor Jurídico

Notícias

CNJ e YouTube

Canal do CNJ recebe mais de 30 mil acessos

Com pouco mais de três meses, o canal online do Conselho Nacional de Justiça atingiu um total de 30.571 acessos no YouTube (www.youtube.com/cnj), dentre os 800 vídeos disponibilizados pelo Conselho. Com o objetivo de dar mais transparência às ações do Judiciário, o canal traz informações sobre as ações e projetos desenvolvidos pelo CNJ, notícias, vídeos institucionais, sessões plenárias e os principais programas, totalizando 5 mil minutos de imagens. Resultado do acordo entre o CNJ e o Google Brasil no ano passado.

Dos mais de 30 mil internautas interessados no canal, 86% são homens, contra 14% de mulheres, todos na faixa etária de 55 a 64 anos, que além de assistir os vídeos, deixam comentários. A ideia atravessou fronteiras e, apesar do maior número de acessos vir do Brasil, 98%, o canal despertou interesse nos Estados Unidos, Portugal e Brunei.

O vídeo institucional sobre a Conciliação, em que aparece um senhor remoçando, foi o mais acessado, em seguida, vem o vídeo institucional “Começar de Novo”. O pronunciamento do ministro Gilmar Mendes sobre a importância da Semana Nacional da Conciliação ficou na terceira posição dos mais acessados. Com informações da Agência CNJ de Notícias.

Revista Consultor Jurídico, 16 de janeiro de 2010, 3h15

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/01/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.