Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova direção

TRT-1 elege 3ª mulher para a presidência da corte

Desembargadora Maria de Lourdes Sallaberry - TRT-RJ

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, com sede no Rio de Janeiro, terá pela terceira vez em sua história uma mulher no mais alto cargo de direção da corte. A desembargadora Maria de Lourdes D’Arrochella Lima Sallaberry, atual corregedora do TRT-1, foi escolhida na sessão do Pleno do dia 13 de dezembro para ocupar a presidência durante o biênio 2011-2013.

Maria de Lourdes Sallaberry recebeu 29 votos, contra 17 da desembargadora Gloria Regina Ferreira Mello. Em seu discurso de agradecimento, a presidente eleita afirmou que quer a participação de todos em sua gestão — não apenas os magistrados do segundo grau, mas também os juízes e os servidores. Ela será a presidente da 26ª administração do TRT-1 e substituirá o desembargador Aloysio Santos no cargo.

A primeira gestão com a presença feminina foi a de 2001-2003, com a desembargadora Ana Maria Passos Cossermelli. Já a desembargadora Doris Castro Neves presidiu o TRT-1 durante o biênio de 2007-2009.

Perfil
Nascida no dia 8 de dezembro, Dia da Justiça, a carioca Maria de Lourdes Sallaberry ingressou por concurso na magistratura do trabalho em 1981. Foi promovida por merecimento em 1985 para o cargo de juíza-titular da então 4ª Junta de Conciliação e Julgamento do Rio. A desembargadora passou para a segunda instância em 1998, também por merecimento, e foi presidente da Comissão Sociambiental do tribunal. Durante o biênio 2007-2009, Maria de Lourdes foi vice-presidente do TRT-1.

A diretoria
A próxima gestão contará ainda com o desembargador Carlos Alberto Araújo Drummond, como vice-presidente; o desembargador Fernando Antonio Zorzenon da Silva, como corregedor; e a desembargadora Ana Maria Soares de Moraes, como vice-corregedora.

Também assumem os desembargadores Theocrito Borges dos Santos Filho, como presidente da Seção Especializada em Dissídios Individuais (Sedi); Alexandre Teixeira de Freitas Bastos Cunha, como diretor da Escola Judicial; Damir Vrcibradic, como ouvidor; e Maria das Graças Cabral Viégas Paranhos, no Centro Cultural da Justiça do Trabalho.

Durante a sessão, também foram escolhidos, por votação, membros do Órgão Especial, da Comissão de Regimento Interno, da Comissão de Jurisprudência, do Conselho da Ordem do Mérito Judiciário e da Comissão de Vitaliciamento. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-1.

Revista Consultor Jurídico, 30 de dezembro de 2010, 11h59

Comentários de leitores

1 comentário

Saudações e sucesso

Clovis Roberto G Macedo (Advogado Autônomo - Civil)

Que Deus ilumine a Ilma Desembargadora, para que desempenhe as suas funções com sucesso e melhore significativamente o TRT 1, que hoje, para o advogado e jurisdicionados está um caos.
Parabéns e sucesso Presidente!!!

Comentários encerrados em 07/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.