Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Merenda escolar

Polícia faz busca em casa de cunhado de Alckmin

A Polícia cumpriu, na segunda-feira (28/12), um mandado de busca e apreensão na casa do empresário Paulo Ribeiro, cunhado do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Ribeiro é um dos 11 irmãos de Lu Alckmin, futura primeira-dama do Estado e tem uma casa em Pindamonhangaba (SP). Investigado em um processo que tramita sob segredo de Justiça, Ribeiro é acusado pelo Ministério Público de integrar um cartel no qual preços de merenda escolar são superfaturados. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a acusação, Ribeiro intermediou contratos entre uma empresa da área de merendas chamada Sistal - Alimentação de Coletividade Ltda. com prefeituras do Vale do Paraíba, como Taubaté e Pindamonhangaba. Os advogados não foram localizados. Alckmin, por sua vez, não quis se manifestar sobre a investigação em torno do cunhado.

Há dois anos o Ministério Público Estadual investiga empresas de merenda escolar que estariam envolvidas em esquemas de fraude em pelo menos 35 prefeituras brasileiras. Um desses municípios é a capital paulista. Promotores apontam que em São Paulo um suposto esquema envolve seis empresas terceirizadas. Elas seriam responsáveis pelo fornecimento de alimentação para escolas municipais. Oficialmente, sempre negaram tudo. O Ministério Publico já divulgou que, em troca dos contratos, as empresas pagavam aos servidores de 5% a 15% dos valores recebidos.

Revista Consultor Jurídico, 28 de dezembro de 2010, 14h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.