Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sob suspeita

Justiça do DF concede HC ao fundador da Gol

O desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, concedeu no sábado (18/12) à noite um Habeas Corpus ao empresário Nenê Constantino, que foi preso na quarta-feira (15/12) sob suspeita de ser mandante da tentativa de assassinato de um ex-genro. Constantino é um dos fundadores da companhia aérea Gol. O crime teria sido motivado por disputas pelo patrimônio da família. A notícia é da Folha de S.Paulo.

O empresário, por recomendação médica, foi detido em um hospital em Brasília. Os advogados de Constantino haviam impetrado o habeas corpus à tarde, e a decisão foi tomada à noite pelo desembargador Vieira, plantonista do tribunal.

O advogado Marcelo Bessa disse, na tarde deste domingo (19/12), que o empresário foi libertado ontem mesmo e, em seguida, viajou com a família para São Paulo.

Eduardo Queiroz Alvez, ex-marido de uma das filhas de Constantino, sofreu um atentado em 2008 quando deixava a Viação Planeta, pertencente ao fundador da Gol. Alvez era um dos diretores da empresa e brigava com a família por causa de uma divisão patrimonial.

Na ocasição da prisão do empresário, a Folha procurou uma das filhas de Constantino, mas ela não quis falar.

Revista Consultor Jurídico, 19 de dezembro de 2010, 17h44

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/12/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.