Consultor Jurídico

Notícias

Retratação pública

Paulo Henrique Amorim se explica a Boris Casoy

Comentários de leitores

4 comentários

Boris Casoy ganhou... Clap...Clap...Clap

Mig77 (Publicitário)

Sempre vagou nos caminhos da ditadura, com biônicos e direitistas.Na época, nas ruas, onde o couro comeu, era comentário geral sobre o B.Casoy, editor da Folha, mackenzista, berço do CCC, também conhecido como direitinha de merda.A menção sobre os garis e o imediato pedido de desculpas, porque foi pego, escancarou seu carater em rede nacional.Eu me retrataria para uma mulher da vida, p/o Arruda,para o Genoino, p/ o Barbalho mas não para o Boris Casoy.

É assim que se faz

Iuri Sousa (Funcionário público)

Parabéns ao Boris Casoy: é assim que se deve proceder com este tipo de jornalista... Se se pautasse pela verdade, não teria se retratado... Outra coisa: o uso do adjetivo "fascista" - que é usado por esquerdistas contra qualquer um que a eles se oponha - foi bem refutado pelo Boris e foi muito engraçado ler a forma como o PHA se retratou...

Ataca e retrata

alvarojobal (Advogado Autônomo - Civil)

Esta tática de PHA parece a história de Pedro e o Lobo.

Os garis te amam

Armando do Prado (Professor)

O Senhor Casoy é uma triste figura que insiste em manter-se no mundo dos vivos.

Comentar

Comentários encerrados em 21/12/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.