Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dano moral

STJ pode julgar maior causa do Citibank no mundo

Está marcado para a próxima quarta-feira (1º/9), no Superior Tribunal de Justiça, o julgamento da maior causa em andamento do Citibank no mundo. Trata-se de um processo de indenização de US$ 2 bilhões que começou ainda no início dos anos 1990, como informa o colunista da revista Veja, Lauro Jardim.

O processo começou depois que o Citibank pediu a falência de uma empresa de Pernambuco, a CIIP (Companhia Industrial de Instrumentos de Precisão), uma pequena fabricante de relógios. A CIIP, na ocasião, devia o equivalente a R$ 200 mil ao banco. Porém, o Judiciário pernambucano considerou indevido o pedido de falência. A CIIP reagiu com uma ação de indenização por perdas e danos.

Em dezembro passado, a Corte Especial do STJ deu ganho de causa à CIIP por nove votos a zero. O Citibank recorreu com um Embargo de Declaração à decisão. Nesta nova etapa, a relatora do processo é a ministra Eliana Calmon, que já votou contra o banco. Mas o julgamento foi adiado depois de um pedido de vista. Se a decisão do STJ contra o Citibank for confirmada, ainda restará recurso ao Supremo Tribunal Federal.

Revista Consultor Jurídico, 31 de agosto de 2010, 5h05

Comentários de leitores

1 comentário

JA SEI

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Seguindo a linha de conduta do tribunal da cidadania o desfecho tem tudo para dar "City"

Comentários encerrados em 08/09/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.