Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Força Nacional

Defensoria Pública faz mutirão carcerário em Santa Catarina

Cerca de 30 defensores públicos iniciaram, na segunda-feira (16/8), mutirão carcerário na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, região metropolitana de Florianópolis (SC). O mutirão vai até o dia 27 deste mês. A assistência jurídica da Força Nacional em Santa Catarina, que ainda não possui Defensoria Pública, será feita em duas etapas.

Na primeira, os presos da Penitenciária de São Pedro de Alcântara passam por uma entrevista pessoal. Já na segunda fase, os defensores públicos fazem a análise e o peticionamento nos processos de execução penal. O objetivo é assegurar garantias constitucionais aos encarcerados apenados como, por exemplo, o direito de responder em liberdade, a progressão de penas e o encarceramento em condições adequadas.

De acordo com o coordenador nacional da Pastoral Carcerária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Padre Valdir João Silveira, a realização do mutirão carcerário foi objeto de requerimento da Pastoral dirigido à Defensoria Pública da União em dezembro de 2009.

O requerimento havia apontado a urgência de um mutirão para minimizar a crise no sistema penitenciário catarinense e também atender a reivindicação dos apenados por melhorias na Penitenciária de São Pedro de Alcântara. Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 17 de agosto de 2010, 12h59

Comentários de leitores

3 comentários

precisamos fortalecer é o pobre cliente e acabar com mono

daniel (Outros - Administrativa)

precisamos fortalecer é o pobre cliente e acabar com monopólio de pobre e preso pelo Estado e pela DEfensoria, basta o Estado criar uma rede integrada de assistência jurídica.
LAdo outro, a Constituição FEderal concedeu apenas o papel de assistência jurídica, mas os Defensores não querem isto e deixam os pobres na fila enquanto procuram trabalho que dê mídia, inclusive até investigar querem.....

FORTALECIMENTO

Jorge Cesar (Advogado Autônomo - Internet e Tecnologia)

É PRECISO FORTALECER AINDA MAIS A DEFENSORIA PÚBLICA NACIONAL CRIANDO LEIS AO ENCONTRO DOS DIREITOS DA PESSOA HUMANA!

muito melhor seria disponibilizar o atestado de pena na inte

daniel (Outros - Administrativa)

muito melhor seria disponibilizar o atestado de pena na internet. Mas, como os mutirões dão mais mídia, muito melhor usar os presos e fazer os mesmos reféns de trabalho manual do que se informatizasse o atestado de pena e os colocasse na internet, pois daria autonomia aos presos e seus familiares.

Comentários encerrados em 25/08/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.