Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Micro e pequena indústria

Simpi assina convenções coletivas nesta sexta-feira

O Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo (Simpi) assinará nesta sexta-feira (13/8) convenções coletivas abrangendo mais de 85 mil trabalhadores de todo o estado de São Paulo. As entidades envolvidas são o Sindicato dos Trabalhadores Energéticos do Estado de São Paulo (Sinergia-CUT), a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Vestuário (CNTV-CUT) e a Federação dos Trabalhadores na Indústria Coureira do Brasil.

O Sinergia representa mais de 3 mil empresas e 15 mil trabalhadores do setor de energia em São Paulo, reunindo tanto eletricitários quanto gasistas. Já o CNTV representa mais de 18 mil empresas e reúne mais 70 mil trabalhadores em sua base. Com o Sinergia, serão revalidadas as cláusulas econômicas. Segundo o Simpi, os acordos firmados com o Sinergia têm duração de dois anos, mas a cada ano as cláusulas econômicas são reavalidadas.

No último mês de julho, o Simpi teve legitimidade reconhecida pela 80ª Vara do Trabalho paulista para representar as indústrias com até 50 empregados no estado. Em março deste ano, o Sindicato ingressou na Justiça com Mandado de Segurança para reverter a decisão do juiz Alberto Cordeiro Donha, da 2ª Vara do Trabalho de Franca, que suspendeu os efeitos da convenção coletiva assinada este mês entre o Simpi e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados de Franca (Sindsapateiros). A ação envolve 12 mil trabalhadores e 3.200 empresas. Com informações da Assessoria de Imprensa do Simpi.

Revista Consultor Jurídico, 12 de agosto de 2010, 18h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/08/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.