Consultor Jurídico

Notícias

Vale a anistia

Supremo afasta revisão da Lei de Anistia

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

30 comentários

Sergio Paranhos Fleury.....Ídolo !!!

Mig77 (Publicitário)

Perguntas que não se calam:Porque os militares tomaram o poder do povo, conquistado nas urnas.
Em nome de quem?.O país estava uma bagunça?É isso?.Com inflação de mais de 80% a.m.no período Sarney não era bagunça?.Com o Collor no maior arresto financeiro da história deste país?Não era bagunça?.Com o mensalão do Lula?Não era bagunça?Com a Amazônia sem domínio, não é bagunça?.Com as Forças Armadas sem equipamento.Não é bagunça?Com as fronteiras desprotegidas?Com a guerrilha no Rio de Janeiro? Não é bagunça?Mas não.Foram atras de "comunistas".Não existe mais comunismo, Graças a Deus.Jamais vingaria no Brasil pela cultura e religião do povo.O Lula, dito comunista é o maior neo-liberal que já apareceu por estas pradas.Continuamos vendo o Brasil que não queremos ver.
Confesso, sem tortura.Minha visão é romantica, sim.Esse romantismo fez com que eu escolhesse que ninguem votaria por mim, que ninguem patrulharia meus pensamentos, que ninguem escolheria o livro que quero ler ou o filme que quero ver.Que ninguem bateria em outro brasileiro porque tinha forma de pensar diferente.
Sim, ainda tenho visão romântica.Se precisasse sairia novamente para enfrentar quem achou que pudesse ditar o rumo minha vida.Não conseguiram.Infelizmente conseguiram guiar a vida de muitos.
Em tempo:Fleury e outros foram altamente nefastos para o regime militar.A prova está aí...Não haverá novo golpe.Haverá eleição...Haverá revisão da Lei da Anistia...Questão de tempo.Essa cicatriz não fecha...É crime.É crime comum para os dois lados...Atenuantes, se houver, só para um deles.Qual?
Videla preso...Perpétua...

Alto lá! Não misturemos "alhos" com "bugalhos"

Richard Smith (Consultor)

Depois, por favor, não misture Brizola, um agitador e um home dotado do maior ego que já se viu neste País, com democratas legítimos como Montoro, Fernando Henrique, Teotonio Vilella, Freitas Nobre e outros, que aqui permaneceram e combateram moralmente o regime de força que havia se desnaturado até a sua derrota. Foram eles que representaram a força do povo, sofrido e trabalhador, que já não suportava a intromissão do Estado nas minimas coisas e a violência que os idiotas que pegaram em armas haviam provocado e tão bem!
Tanto aqueles idiotas, como os militares linha-dura, que tiveram de ser contidos na marra, jamais entenderam a verdadeira natureza do povo brasileiro, avesso a radicalismos extremos. É por isso que houve o advento do PT, um partido de esquerda radical mas que, confrontado com o nenhum apoio das "massas" à luta armada e à "revolução" decidiu encampar, estratégicamente, valores "burgueses" (a luta contra a corrupção, por exemplo, quá, quá, quá, quá, quá!) e dissimulada e lentamente, infiltrar e aparelhar a dita sociedade burguesa, visando a sua implosão. E é exatamente o que "elles" tem feito por anos a fio. Ou alguém pode, em sã consciência, me desmentir?!

"PROMISSÓRIAS MORAIS"?! DE QUÊ? DE UMA DITADURA COMUISTA?

Richard Smith (Consultor)

Caro MIG77 bobão: Você tem um visão muito romantizada acerca do assunto. O DOPS, como polícia política e social (todas as nações tem uma, inclusive o Brasil de atualmente) foi fundado em 1926. Pelas suas celas passaram todo o tipo de agitador, grevista, comunista, integralista, anarquista e quejandos. Passaram, tanto os japonêses fanáticos da Shindo-Renmei que assassinavam os lavradores que caiam na "falsidade ocidental" e negavam que Japão houvesse ganho a guerra! como os herdeiros do Integralismo. E, como conduta mais geral, caiam no "pau", igualitariamente. De resto como em todas as dependências policiais da época. Quando, em 1967 o governo federal, acostumado com a passividade e a agitação "light" do Partidão se deparou com a série de atentados em Pernambuco e com uns camaradas construíndo um caminhão-bomba em um sítio de Mairiporã-SP é que percebeu que as coisa havia mudado de figura. E recorreram ao DOPS de São Paulo, o mais antigo e preparado do Brasil. E mesmo estes, tiveram de recorrer a um "tira" da Rádio-Patrulha, o delegado Sérgi oparanhos Fleury. Este, acostumado a desbaratar quadrilhas com o uso de métodos, hum, "convincentes", teve a intuição de tratar os movimentos terroristas com os mesmos métodos. E assim, institucionalizou-se o uso da força nos interrogatórios. Com sucesso absoluto, diga-se de passagem embora se deplore os tais métodos. Quanto Às inscrições (muitas falsas, diga-se, também de passagem) NÃO representam "promissória" alguma, pois seus autores não eram democratas algum e a eles NADA DEVEMOS e também, porque vários dos que alí estiveram detidos hoje estão no poder (e aprontando, diga-se mais uma vez, de passagem, né?!). Por isso, amigo, saia dessa!

E MAIS...

Mig77 (Publicitário)

Nas paredes do Memorial da Resistência existem marcas e inscrições que são na verdade NOTAS PROMISSÓRIAS MORAIS que deveriam ser saldadas por aqueles que delas se beneficiaram!!!

Zombaria...

Mig77 (Publicitário)

Também me alinhei a F.Henrique,Brizola, Tancredo Neves, U.Guimaraes e muitos outros que não queriam um Brasil subserviente.Não era um problema de pensamento político.Era uma questão maior.De pátria e união.Hoje não vejo ninguém com a garra daquela época.
Sucumbiram diante do "brasilis modus vivendi"
Aos que aplaudiram a decisão do STJ, inclusive os próprios ministros, deveriam fazer uma visita ao
MEMORIAL DA RESISTÊNCIA:
Largo Gal.Osório,66-Luz-S.Paulo
Entrada gratuíta.
Lá verão que brasileiros de verdade de muitas bandeiras decidiram que não se calariam diante da usurpação de seus direitos básicos.Que ninguém os fariam calar.
Hoje, maus brasileiros zombam dessas vidas roubadas, ignorando o significado daqueles sonhos.
Para os que não ainda eram crianças naquele tempo sugiro que vejam o video no You Tube de "Disparada" de Vandré c/Jair Rodrigues onde verão policiais fardados fiscalizando a platéia.Não aplaudiam.Observavam.Os dias eram assim!!!
Não sou cego e vi "IN LOCO" em plataformas da bacia de Campos o que Geisel, Golbery e outros fizeram por este país.É inegável.E foi muito!!Muito mesmo!!!Mas era ditador.Teria que ser pelo voto.Sem censura,Sem patrulhamento ideológico Sem Pau de Arara,Sem Cadeira do Dragão, Sem estupros, Sem perseguição, Sem assassinatos.Que levasse décadas.Mas PELO VOTO.
A Lei da Anistia será revista.Mais cedo ou mais tarde.Um Congresso decente criará bases para mudar essas leis.O país deve isso aos brasileiros de verdade!!!
"""A AGRESSIVIDADE É O PRIMEIRO SINTOMA DO MEDO"""

e completando...

Richard Smith (Consultor)

Ah, apenas para que conste: com poucos anos de idade, eu também ajudei, para que os verdadeiros democratas pudessem se opor com firmeza a um regime discriminário que se perverteu e para que Ferando Henrique Cardoso em primeiro lugar, Franco Montoro e, posteriormente, Tancredo Neves pudessem dar expressão de voto a todo o povo brasileiro.

todos reunidos em cenáculo para a reza do terço

Richard Smith (Consultor)

Lastimo, caro MIG77, mas continuarei a chamá-lo de bobão (com a ressalva de que coisa pior poderá ser, é claro!).
Não estive nas hostes do CCC mackenziano, porque em 1964 eu tinha apenas 4 aninhos e em 1968, por óbvio, só oito.
Quanto a me ter ao seu lado, hum, pelo cheiro de suas opiniões, acho que você não teria mesmo.
E acho um tanto fácil dizer que tal coisa não teria acontecido, simplesmente porque ela...não aconteceu!
Quanto sangue aqueles uns "patriotas" estavam dispostos a derramar na construção do seu "homem novo" tupiniquim? Os outros lá fora, consideraram coisa pouca os quase DUZENTOS MILHÕES de "homens velhos" que julgaram justo sacrificar no construção do seu "homem novo", né? A se julgar porém, pela ferocidade e impiedade com a qual se lançaram à chamada "luta armada", inclusive contra seus próprios companheiros e ex-companheiros e também pela sua postura atual, de vontade de esmagar, aniquilar, quem deles discorde, creio não ser muito difícil aquilatar a sua sanha, não é? Ou os mais de 140 mortos não o comprovam? Teriam as chamadas forças de segurança se lançado contra pobres e idealistas jovens reunidos em cenáculo para a recitação de novenas e reza do terço?!
Passar bem, bobão. (e estude, hein? faz bem)

Parece proposital mas não é...

Mig77 (Publicitário)

continuando... o medo fez com que os militares e seguidores fizessem o que fizeram.Em nome do MEDO dos comunistas mancharam, macularam as Forças Armadas
( ORGULHO DO POVO BRASILEIRO )Usaram as Forças Armadas para o serviço sujo, a mando do medo dos americanos.Os direitinhas que na época estavam debaixo da saia da mãe com medo dos "comunistas" que comiam "criancinhas".
Graças a Deus o comunismo não vingou neste país e também a ditadura que criou gerações de covardes hipócritas e também criou brasileiros que querem algo melhor para esta terra.
Sr. Richard, não o chamarei de Bobão.Chamo-o de Poltrão.
O BraZil da época e o Brasil de agora não seria jamais uma Cuba.
O sr. leu, leu e não conheceu, duvido que estivesse também nas trincheiras do CCC.Precisaria também de coragem.O sr. ouviu dizer.E leu.Só.
Eu, bobão modesto ajudei, sem medo dos sabres, a fazer com que o sr. tivesse o direito de votar e dizer o que pensa, embora não sirva para nada.

Interrompeu...

Mig77 (Publicitário)

como ia dizendo o MEDO

Mais pérolas...

Mig77 (Publicitário)

Parece que encaixou...Não iria querer esse cara como é o nome mesmo,aahh Richard, isso mesmo, Richard ao meu lado naquela época.Não haveria desinfetante que desse jeito...
Está aí...por suas próprias palavras.O MEDO.
O medo do João Julião. o MEDO do Leonel Brizola e de outros "comunistas".Parece que comunista traz medo.Parece que o Sr. Richard te MEDO

QUANTA IDIOTICE (OU MÁ-FÉ)!

Richard Smith (Consultor)

Caro MIG77, bobão (se coisa pior não for): Você fala de AI-5, que foi editado em emados de dezembro de 1968, mas esque-cese ou não sabe, que o terrorismo havia começado no Brasil muito antes. Em 1961, em plena vigência do chado Estado de Direito, Leonel Brizola já havia arrecadado uns "trocos" para a formação de um corpo guerrilheiro. Em 1964, João Julião formava as chamadas "Ligas Camponesas" de extração maoísta; em 1967, tivemos, entre outros eventos no Nordeste, o atendado à bomba no Aeroporto Guararapes que vitimou fatalmente um almirante reformado e um jornalista, além de mutilar várias pessoas.
Depois, os vagabundos que os cometiam, eram dotados de uma enorme reserva de ódio e ferocidade (já leu o chamado "Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano" de autoria de carlos marighella?). Todos os vagabundos de então ODIAVAM a chamada "Democracia Burguesa" e os seus p´roceres e estava dispostos a qualquer coisa para implantar um regime comunista que a destruísse.
Para que possamos vislumbrar o que poderia ter acontecido ao País basta vermos o que houve em Cuba e ao seu pobre povo ou lembrarmos das "proezas" do Sendero Luminoso ou das FARC, hoje transformada, esta última, num valahcouto de NARCO-"guerrilheiros" que fustiga um povo ordeiro e um governo legitima e democraticamente eleito.
Então, caro Sr. Bobão, CONTRA-REVOLUCIONÁRIOS mesmo, foram aqueles que impediram tal desdita. E sendo assim, não vejo motivo para mêdo nenhum.
E quanto à possibilidade de que a Lei de Anistia possa ser novamente questionada em tribunais, hum, duvido muito. E isso embora eu fosse pessoalmente a favor da sua revisão. MAS PARA TODOS, NÉ?!
Passar bem. E estude mais...faz bem.

O voto do medo..ou direito em decomposição...

Mig77 (Publicitário)

São muitas pérolas neste forum...
Menciono apenas uma delas.Não deu pra ler mais"....mas NÃO PEGOU EM ARMAS contra o ESTADO DEMOCRÁTICO de DIREITO e os CIDADÃOS blá...
Vamos lá:
O "Estado DEMOCRÁTICO DE DIREITO "no Brazil, Argentina, Chile e Uruguai foi criado nos EUA p/Cia aqui, com apoio da Fiesp,Grupo Ultra, Amador Aguiar e afins, com medo do comunismo de Cuba.Os militares "a mando" tomaram o poder legitimamente constituido pelo povo, NO VOTO,e perseguiu os que não aceitaram o cabresto e a mordaça.Os direitinhas não mencionam isso.Insurgir-se é crime?Se é, julguem como tal.Antes julguem aqueles que em nome do "Estado"tomado, torturou e matou.O "Estado" que deveria proteger os brasileiros. Mas os brasileiros não sabiam a qual "Estado" proteger.Os direitinhas não conseguem ver porque havia na época contra-revolucionários.Mas hoje vota e fala o que quer porque alguem lutou por isso.Na época não podia não.Mas quem cala a razão??Os dias eram assim...
Os tão mencionados "Petralhas" de hoje, em quem jamais votei, são produtos do golpe militar.Vcs confundem "brasilidade" da época com PT, embora alguns contra-revolucionários estão abrigados nesse braço político viabilizado para se chegar ao poder.E chegou.
Aos doutores direitinhas, sugiro ler, sentados com a mulher e filhos o Ato Institucional N° 5.Se eles tiverem a verve nacionalista do jovem independente do meu tempo entenderão o que vcs jamais entenderam.E se posicionarão.E continuarão seus filhos...Diferentes..
Os votos "pelo Brasil" de Ayres Britto e Lewandovski mostraram que a "lei da anistia" virá à tona novamente...será revista.O Brasil não é PT ou golpistas militares.É mais que isso.
Srs direitinhas, continuem tendo medo...É pra ter mesmo...

Supremo afasta possibilidade de revisão da Lei de Anistia

cavalcanti (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Tudo o que tenho escrito há anos sobre o assunto, mesmo antes de impetrada a ação em tela,prova o que penso,baseada em fatos,nas leis existentes,no bom senso.Senti-me surpresa ao ver que,em tempo de eleições,coincidentemente,a OAB posiciona-se de forma incoerente.Disse-o muito bem a Ministra Carmem Lúcia. Os votos a favor e muito bem fundamentados, tudo disseram.EROS GRAU fez a justiça refulgir!
A respeito:
http://www.brasilwiki.com.br/noticia.php?id_noticia=23325 :
"A anistia ocorreu. A abertura aconteceu. Com a primeira, gente que não está nem nunca fez fez falta para o País não só retornou ao Brasil como está a receber auxílios, pensões, aposentadorias etc... de valores incompatíveis aos salários e aposentadorias dos trabalhadores que têm lutado renhidamente para que lhes sejam concedidos os reajustes legais, até agora, sem sucesso. Acresço que não contribuíram os anistiados com um só centavo para a percepção de tais regalias.
Tendo sido a anistia GERAL AMPLA E IRRESTRITA, o que desejam agora? Sepultar ossos? Deixem-nos (com todo o respeito e dignidade que merecem seus restos mortais) voltar a ser ’terra’, pois é o que somos materialmente: "homem remember: pulverus est et ad pulverus reverteribus.Revertere ad locum tuum" .
Não, mas não querem APENAS sepultar o que deles restou. DESEJAM, ISTO SIM: FAZER NÃO A HISTÓRIA, MAS ESCREVÊ-LA À SUA MANEIRA. ISTO NÃO DEVEMOS PERMITIR. AGORA,SE É PARA MOSTRAR MESMO A ’VERDADE’,SEJAM TODOS OS DOSSIÊS,AS FICHAS DOS GUERRILHEIROS CONTENDO SUAS ATUAÇÕES:INCLUSIVE DOS QUE ESTÃO COMO LÍDERES AO LADO DE LULA. PRINCIPALMENTE OS DOCUMENTOS REFERENTES A DONA DILMA,QUE PRETENDE ASCENDER À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.NÃO COM MEU VOTO."
Mirna Cavalcanti de Albuquerque OAB/RJ 004762

ANISTIA , AMPLA , GERAL E IRRESTRITA ! ! !

A.G. Moreira (Consultor)

....Foi esta a Anistia negociada e formalizada no Brasil, pelo Congresso Nacional e com o Apoio, inclusive , de quem , hoje (PORQUE ESTÁ PODENDO), pede a "quebra da anistia", apenas, para os militares,... MAS QUEREM PERMANECER ANISTIADOS dos CRIMES QUE COMETERAM, as senhoras e senhores BANDIDOS, ASSASSINOS, CRIMINOSOS, ASSALTANTES, SEQUESTRADORES, LADRÕES, ETC.,..., que hoje estão no poder e disputam os maís elevados cargos do Executivo e Legislativo do Brasil.
.
.
Um "passarinho" me contou, que se um dia a Anistia for quebrada, apenas, em prejuízo, dos militares, ... tudo volta ao que era antes.., no "Quartel de Abrantes" !!!

LAMENTÁVEL A DECISÃO DO STF!!!!

Márcio Aguiar (Advogado Sócio de Escritório)

A covardia do STF e a estreiteza de sua visão são decepcionantes. Isso é uma vergonha para o Brasil! Ressalve-se o brilho e a sensibilidade de Carlos Ayres e Lewandowski. Um dia - não tardará, creio - o povo irá assumir a sua real tarefa na construção do novo mundo!

REVANCHISMO ELEITOREIRO e SEM REPRESENTATIVIDADE dos PARES

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Continuando o que eu dizia.
É lamentável que a OAB tenha se enrolado num REVANCHISMO ELETOREIRO e SEM REPRESENTATIVIDADE!
Eu jamais vi o tema discutido em plenários da OAB com representatividade, que seria propiciada pelos ADVOGADOS!
Assim, para mim, um grupo que se encastelava em BSB tomou a iniciativa.
Não vejo de outra forma!
Mas, de qualquer forma, é lamentável!
Melhor seria que os TERRORISTAS de ENTÃO, que agora pretendiam usar o FIM da ANISTIA como instrumento REVANCHISTA, começassem a RESPONDER pelos DANOS MORAIS a QUE DERAM CAUSA, perante os VIVERAM AQUELA ÉPOCA!
Afinal, seriam IMPRESCRITÍVEIS os ATOS, já que é a tese deles mesmos!
E agora sabemos QUEM são ELES, porque basta que se procurem as listas de BENEFICIADOS pelos RECURSOS do TESOURO NACIONAL que lhes são pagos mensalmente!
Alguns ganharam verdadeiros prêmios de LOTERIA!
E perguntem ao Senador por São Paulo, ex-economista, ao que me consta, POR QUE ele quer que se AFASTEM das MESAS ELEITORAIS os MAIORES de SESSENTA ANOS?
Porque sabe que SÃO ELES, QUE SOFRERAM com os TERRORISTAS, QUE DEIXARÃO de VOTAR em TERRORISTAS para o GOVERNO FUTURO!
Até para EVITAR que os TERRORISTAS MODERNOS, que atuam no campo e nas cidades, e aqueles que estão em processo de DESCONSTITUIÇÃO da ÉTICA constinuem a atuar impunemente!
Alguém que chegou à militância terrorista é seguramente alguém que jamais terá ânimo DEMOCRÁTICO, porque a MAIORIA dos CIDADÃOS que VIVERAM aquela ÉPOCA da DITADURA era CONTRA a DITADURA, mas NÃO PEGOU EM ARMAS contra o ESTADO DEMOCRÁTICO de DIREITO e os CIDADÃOS!
E NÃO FORAM os TERRORISTAS que DERROTARAM a DITADURA, mas FORAM OS DEMOCRATAS que a DERROTARAM, pelo VOTO!

REVACHISMO ELEITOREIRO e SEM LEGITIMIDADE dos PARES

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

É lamentável que a OAB tenha deixado sua SOLENE REPRESENTATIVIDADE, para se enrolar num REVANCHISMO ELEITOREIRO

!!!!!!!!

Neli (Procurador do Município)

Gostei da frase da Carmem Lúcia: não se pode analisar o passado com os olhos de hoje.

Vitória do Direito

caiçara (Advogado Autônomo)

Parabéns ao STF!
Alguns caras que não sustentam em pé o que falaram sentados 30 anos atrás queriam agora passar por cima do Principio da Legalidade e da Irretroatividade da Lei Penal mais grave só porque agora estão "por cima da carne seca".
E, além disso, apareceram com uma tese esdrúxula de que além de retroagir a lei mais grave ela só atingiria "quem eles quisessem"! (os terroristas comunas amigos jamais...devem achar que o Osama é lindo hoje!)
Tomaram na cabeça!
Se não me engano o próprio Konder Comparato, décadas atrás, no final dos anos de chumbo, fora um dos defensores da "anistia ampla, geral e irrestrita"! Agora queria "voltar atrás" com um argumento puramente revanchista. Pois é, quando os "verdinhos tavam lá em cima" toda a turma da OAB (seu Konder incluso)defendeu a anistia geral e irrestrita (foram até a Sé pedindo isso), agora não adianta chorar.
Anistia é perdão e esquecimento, como bem lembraram os Ministros.
E placar de 7 a 2 não se discute, é goleada mesmo!
Em tempo: aos chorões que estão clamando pela tal "corte interamericana de direito" basta que se diga que até hoje os EUA sequer reconhecem a existência do Tribunal Penal Internacional e nada, absolutamente nada, acontece com eles!
Então só vou me preocupar com a tal "corte de brancaleone" depois que Bush for julgado e condenado por invadir o Iraque; que Israel for condenado pelos seus crimes na Palestina; que Fidel venha a ser condenado pela tal corte à pena de prisão e que o genocídio armênio seja reconhecido goela abaixo dos turcos!
Antes disso manda essa turma ir estudar um pouco de Direito, ou ir chupar um parafuso até virar prego!
Toma vermelhada!

Chega de ranço!

Roland Freisler (Advogado Autônomo)

Parafraseando o E. Coelho, "Depois dessa surra quem sabe a OAB passe a se preocupar com os advogados e a demora da justiça.No mais eu endosso o comentário do sempre brilhante e arguto Richard Smith."

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 7/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.