Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Carreira em expansão

Alesp aprova criação de 100 cargos para defensor

O plenário da Assembléia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, por unanimidade, nessa quarta-feira (21/10), Projeto de Lei Complementar 25/09 que cria 100 novos cargos de defensor público no Estado. O projeto, que segue para a sanção do governador José Serra, inclui dispositivo que estabelece cinco níveis na carreira de defensor público do Estado ao extinguir o nível substituto. Com isso, ao ingressar na instituição através de concurso, o defensor assume o cargo no nível I.

A lei sendo sancionada, os aprovados no último concurso para a carreira, finalizado em agosto de 2009, devem tomar posse e iniciar suas atividades.

A sessão na Alesp foi acompanhada pela defensora pública geral, Cristina Guelfi Gonçalves, e outros defensores. O projeto altera a Lei Complementar 988/06. Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública de SP.

Revista Consultor Jurídico, 23 de outubro de 2009, 0h48

Comentários de leitores

3 comentários

analucia (Bacharel - Família)

Jorge Cesar (Advogado Autônomo - Internet e Tecnologia)

Estuda meu filho!
Se você não consegue passar em concurso, não culpe os defensores. Se não é feliz na sua carreira, igualmente.
Se olhe no espelho, e se culpe.
Mágoa, dá câncer.
E, pare de cansar os ilustres leitores do Conjur com esse seu complexo de inferioridade.
Até p'rás pessoas que odeiam a Defensoria você queima o filme da argumentação.
Estuda filhinho, pare de ver televisão e ficar no pc e estude.
Assim, Deus te ajuda e o Câncer não te PEGA.
Se for amor mal correspondido, faça sua fila andar. Mas deixe todos em paz.

ótima notícia

Ricardo T. (Outros)

Ótima a notícia, pois sem Defensor não se faz justiça. É preciso também que a Assembleia equipare os vencimentos com o do Promotor e do Juiz.

monopólio de pobre

analucia (Bacharel - Família)

monopólio de pobre e estes são usados para manter as mordomias de uma elite que não quer ter concorrência.

Comentários encerrados em 31/10/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.