Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Noticiário jurídico

A Justiça e o Direito nos jornais deste domingo

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) apresentou ao Conselho Nacional de Justiça um pedido de providências por meio do qual quer estender à magistratura regalias a que têm direito procuradores do Ministério Público. A pauta de reivindicações inclui pagamento de auxílio-alimentação, direito de vender um terço dos 60 dias de férias anuais, aumento no valor das diárias, além de auxílio-moradia para o togado que atuar em local de difícil acesso. Segundo a Folha de S. Paulo, se a proposta for aprovada e os 16 mil juízes federais, estaduais, do trabalho e militares do país passarem a ganhar, por exemplo, o auxílio-alimentação de R$ 590 por mês, hoje pago aos 944 procuradores da República, haverá um aumento de R$ 9,4 milhões na folha mensal do Poder Judiciário.


Vídeos de Pandora
A subprocuradora da República Raquel Dodge anexou ao pedido de abertura de inquérito da Operação Caixa de Pandora, no Superior Tribunal de Justiça, uma coleção de vídeos que, de acordo com a investigação, revelam em detalhes como funcionava a máquina de arrecadação e distribuição de propina no governo do Distrito Federal. Segundo apuração da Polícia Federal, Arruda se beneficiava diretamente da cobrança de propinas em cumplicidade com o governo anterior, de Joaquim Roriz (2003-2006), que lhe teria dado carta branca para operar com o cabeça do esquema, o então presidente da Companhia de Desenvolvimento do Planalto (Codeplan) Durval Barbosa. Depois de ser caixa de campanha de Arruda, Durval assumiu a Secretaria de Relações Institucionais do governo eleito em 2006. Os vídeos também mostram o vice-governador, Paulo Octavio (DEM), com um dos beneficiários de Durval. A notícia foi publicada pelo O Estado de S. Paulo, a Folha de S. Paulo e O Globo.


Lavagem internacional
A Polícia Federal acaba de concluir inquérito que envolve o desembargador aposentado Manoel Carpena Amorim, ex-corregedor geral do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, com um esquema internacional de lavagem de dinheiro. Segundo O Globo, documentos apreendidos na casa de um casal de doleiros revelaram que o magistrado criou duas empresas offshore em paraísos fiscais para camuflar depósitos estimados em US$ 500 mil em contas de bancos na Suiça e do Principado de Liechtenstein. 

Revista Consultor Jurídico, 29 de novembro de 2009, 11h25

Comentários de leitores

3 comentários

lavagem internacional/e os dois gritando do o globo

Alcina Torga (Advogado Autônomo - Civil)

Os irmãos marinhos,donos da noticia no GLOBO,estão tomando imoveis valiozissimos em CURRUPIRA(frente para o mar do Pontal) de DOIS idosos GRITANDO ,atraves de sentenças compradas e vendidas no TJRJ,fatos criminosos já comunicados ao MINISTERIO PÚBLICO FEDERAL, e nesta ciranda se inclui também a primeira instancia,ou seja ,estes inescrupulosos ,formaram um bando que precisa ser algemado e preso,antes que acabem com toda acredibilidade do judiciario fluminense,este grupo somente será desfeito se interessar ao Presidente LULA,ao Ministro Gilmar Mendes,a Procuradoria da Republica,ao Ministro DIPP,caso contrario tudo acabará em SAMBA,já que estamos proximos ao recesso forense e logo após ao carnaval,já iniciado pelos donos da cidade do SAMBA em conjunto com o TJRJ,já estão todos infiltrados para distrair o zé povinho,e logo esconder as maracutaias,principalmente o grande roubo das terras de ADELINA RIVETTI de frente para o mar do Pontal em CURRUPIRA,é necessário tambem cassar concessões de radio,tv,jornais escritos,carteiras de advogados e desembargadores e juizes de 1o grau(luiz matheus),prender sonegadores de colarinhos brancos(marinhos-clodomir cecchim,cezar bezerra-9o Oficio do RI entre outros bandidos INFILTRADOS NO TJRJ),será possivel que aqueles que pagam as contas(impostos) terão a justiça do Rio de Janeiro passado a limpo,ainda e a tempo de nossos filhos e netos poderem acreditar que a justiça existe,que não é uma balela,vamos pedir a DEUS,que neste temos a certeza que tudo pode fazer,pois este é IMPLACAVEL,temos muitos exemplos da força de DEUS,porque estes homens aqui relacionados não estão com ele,estão com aquele outro dono do mau,o o nosso querido PONTES DE MIRANDA E SEU AGRAVO 130 foram para as cucuias,será,e ADELINA RIVETTI

venda de sentenças-carpena amorim

Alcina Torga (Advogado Autônomo - Civil)

É tudo verdade,muitas pessoas estão pobres,por culpa exclusiva do Poder Judiciário do Rio de Janeiro,e aqui temos muitos poderosos que se encontram acima da lei,não é só o DANIEL DANTAS,SIVEIRINHA,Pessoal do Mensalão,BATISTI,também a GLOBO DO PLIN PLIN,DERMESIL,CURRUPIRA,REAL ENGENHARIA,SÃO MARCOS,REALTY BRAZIL,CYRELLA(gerente CLODOMIR CECCHIN E ADVOGADO LUIS MATHEUS), e outros,que se danem o zé povinho ,estes são alguns dos principais poderosos e que mandam no Poder Judiciário e tomam na mão grande e através de sentenças compradas tudo o que não lhes pertencem,cuidem-se os pequenos escritorios de advocacia,como o meu,que já recebi ameaças na porta da casa do meu filho,onde dois homens mal encarados e armados ,apareceram na ultima quinta -feira dia 26-11-2009 na porta da casa,tudo já comunicado a policia ,ao MP,ao CNJ,a CORREGEDORIA DE JUSTIÇA,e ao MINISTERIO PUBLICO FEDERAL.Todo o alegado pode ser comprovado com a filmagem e telefonemas deste truculento grupo de bandidos do Poder,ainda encobertos pelo patrimonio que possuem objeto de desapropriação por sentenças manipuladas e peritos engenheiros comprados,oficiais de cartorios ,entre outras serventias do Poder Judiciário que não é independente,transparente,uno,e que as partes não são iguais,e não ganha quem tem o melhor direito,mais sim aquele que tem poder,coitado dozé povinho,estes estão todos atrás das grades,por fora das grades dos presidios estão estes poderosos,estou indignada como advogada que prestei meu juramento,imaginei que aquele aprendizado da FACULDADE CANDIDO MENDES ,era tudo verdadeiro,que existia o direito e a justiça,e que o juramento era sagrado,ledo engano.

carpena amorim/paraisos fiscais

Alcina Torga (Advogado Autônomo - Civil)

É incrivel, ouvir falar é uma coisa mais ver na sua frente uma sentença ,que vem acompanhada de documentos publicos falsificados,e cujo julgamento no tribunal foi 2x1,e o unico voto contra foi do MM.LAERSON MAURO,o unico que não concordou com a falcatrua,dar um imovel de ADELINA RIVETTI(falecida em 1973) para o grupo GLOBO-DERMESIL-REAL-SÃO MARCOS ,as provas falsas robustas são faceis de acessar nos autos no 1973.001.700144-9 da vara de registros publicos,com advocacia administrativa começa num combinado na primeira instancia,onde por anos estes autos ficaram ocultos em prateleiras especiais,aos cuidados do serventuario GILSON,perito ELSON FREITAS MARTINS e outros,tudo já com escripty pronto dos marinhos.Os filhos de ADELINA RIVETTI estão no judiciário com varias ações cujas sentenças é uma verdadeira éxpropriação sem indenização(3a vara civel da Barra), herdeiros já idosos,que pretendem a devolução do seu patrimonio,terras que antigamente eram rurais e sem valor e hoje valem muitos milhões invadidas pelos marinhos,por obra e graça da tal venda de sentenças( como dizem os jornais-globo),tudo com base nas falsidades de documentos publicos,contra os documentos verdadeiros de ADELINA RIVETTI(maricula 1033 do 4o OFICIO do Registro geral de imoveis) O FALSO REGISTRO DOS MARINHOS EM NOME DE DERMESIL ESTÁ NO 9o. oFICIO DO REGISTRO GERAL DE IMOVEIS com 3 matriculas,já desmembrado pela prefeitura em 3 areas,e hoje nega-se o oficial CESAR BEZERRA a registrar sob a falsa alegação de que não pode registrar a area porque já está registrada no 4o.oficio , já comunicado ao Ministerio Publico Federal , CNJ e a Corregedoria de Justiça.PERGUNTA-SE -Será que vão para a cadeia algemados,ou teremos que criar um novo TRIBUNAL DE JUSTIÇA no Rio de Janeiro?

Comentários encerrados em 07/12/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.