Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Propostas para o Rio

Wadih Damous quer advocacia na era da informática

Reeleito com 72% dos votos, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OAB-RJ), Wadih Damous, vai iniciar seu novo mandato com a meta de inserir a advocacia na era digital. Para isso, ele prevê uma linha de crédito junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que possa ser utilizada na informatização dos escritórios. 

Damous também se mostra preoucupado com a garantia das prerrogativas aos profissionais da classe a partir do aperfeiçoamento da dinâmica de trabalho da Comissão de Defesa de Prerrogativas. “Já implantamos um serviço de troca de informações online. Então, se há algum incidente que configure violação de prerrogativa no interior do estado, basta que sejamos informados pela subseção local para sabermos o que está acontecendo”, afirma. 

O presidente pretende fortalecer o Tribunal de Ética e Disciplina da seccional, responsável por julgar e punir os profissionais infratores, e seguirá na linha que considera a “marca de sua gestão”: de repúdio à violência e aos abusos praticados principalmente nas comunidades carentes do Rio. “Não admitimos que a cidade do Rio de Janeiro tenha territórios e áreas geográficas tomadas por bandos organizados, mas também não aceitamos a violência policial indiscriminada contra a população indefesa e inocente. As pessoas que vivem em favelas não podem ser confundidas com bandidos.” Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB. 

Revista Consultor Jurídico, 19 de novembro de 2009, 3h08

Comentários de leitores

2 comentários

OAB/RJ – ADVOGADOS COM MEDO...

Luiz Pereira Carlos (Técnico de Informática)

MAIORIA DOS ADVOGADOS CARIOCAS TEMEM PELO FUTURO DE SUAS CARREIRAS JUNTO AO TJRJ, QUANDO SE TRATA DE LUTAR PELA EXTINSÃO DA COBRANÇA DO PEDAGIO DA AVENIDA CARLOS LACERDA.
*
Consultados vários advogados do Rio de Janeiro, sobre a possibilidade de entrarmos com uma ação para extinguir a cobrança de pedágio na AVENIDA Carlos Lacerda - Linha Amarela - tanto a OAB-RJ, MPERJ, DPGE, e outros advogados autônomos se dizem com receio e até medo de impetrar tal ação...
*
-Preciso trabalhar tenho família e filhos não posso me arriscar, entrar com uma ação dessas é mexer no vespeiro, criar inimigos poderosos no MP, OAB e no TJ-RJ!
*
-Por acaso o senhor já viu alguma ação contra essa cobrança no TJRJ... O senhor acha que estamos satisfeitos em pagar pedágio na avenida, claro que não, mas tem coisas que o melhor é fazer como nas favelas, respeitar a Lei do silencio !
*
http://sites.google.com/site/cariocaotario/

BOLSA DOUTOR DA OAB-RJ.

Luiz Pereira Carlos (Técnico de Informática)

Tudo nesse mundo virou politica de interesses, OAB é sinonimo de Camara de Vereadores, presidente da ordem agora tem status parlamentar, daqui a pouco vai ter forum previlegiado tambem. Ai... Jesus dai-me forças para aturar esse país de Ós!

Comentários encerrados em 27/11/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.