Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dono do posto

Wadih Damous é reeleito presidente da OAB do Rio

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OAB-RJ), Wadih Damous, foi reeleito na segunda-feira (16/11) para comandar por mais três anos a entidade. O número de votos ainda não foi divulgado. A informação é da OAB fluminense e do portal G1.

Para Wadih Damous, permanecer na presidência da OAB significa ter feito um bom trabalho à frente da entidade. “Foi uma vitória consagrada de uma gestão austera, honesta e competente. Os advogados deram um fim a consolidação de suas conquistas, das suas vitórias, a recuperação do prestígio institucional da OAB. Estou com a forte sensação do dever cumprido”, declarou.

Damous se formou na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). Anos depois, ele se tornou mestre em Direito Constitucional do Estado pela PUC. Desde então, Wadih Damous atua na área trabalhista, tendo advogado em sindicatos, como o dos metalúrgicos e o dos ferroviários.

Em 1999, ele teve participação destacada na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Judiciário, no Congresso Nacional, denunciando irregularidades e combatendo o nepotismo nos tribunais.

As eleições na OAB fluminense foram marcadas por troca de acusações entre Damous e o candidato Lauro Schuch. A votação também correu o risco de só valer depois que a Justiça definisse o resultado de uma ação na Justiça. Schuch acusou Damous de usar a máquina administrativa da seccional em sua campanha. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região negou a liminar por falta de provas na acusação.

Revista Consultor Jurídico, 17 de novembro de 2009, 10h32

Comentários de leitores

1 comentário

OAB/RJ – ADVOGADOS COM MEDO...

Luiz Pereira Carlos (Técnico de Informática)

MAIORIA DOS ADVOGADOS CARIOCAS TEMEM PELO FUTURO DE SUAS CARREIRAS JUNTO AO TJRJ, QUANDO SE TRATA DE LUTAR PELA EXTINSÃO DA COBRANÇA DO PEDAGIO DA AVENIDA CARLOS LACERDA.
*
Consultados vários advogados do Rio de Janeiro, sobre a possibilidade de entrarmos com uma ação para extinguir a cobrança de pedágio na AVENIDA Carlos Lacerda - Linha Amarela - tanto a OAB-RJ, MPERJ, DPGE, e outros advogados autônomos se dizem com receio e até medo de impetrar tal ação...
*
-Preciso trabalhar tenho família e filhos não posso me arriscar, entrar com uma ação dessas é mexer no vespeiro, criar inimigos poderosos no MP, OAB e no TJ-RJ!
*
-Por acaso o senhor já viu alguma ação contra essa cobrança no TJRJ... O senhor acha que estamos satisfeitos em pagar pedágio na avenida, claro que não, mas tem coisas que o melhor é fazer como nas favelas, respeitar a Lei do silencio !
*
http://sites.google.com/site/cariocaotario/

Comentários encerrados em 25/11/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.