Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Escolha da Advocacia

Veja o resultado das eleições da OAB em seis estados

Oito estados fizeram, na segunda-feira (16/11), eleições para a direção da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil. Em seis deles, já é possível saber quem será o dirigente para os próximos três anos. No Rio de Janeiro, o atual presidente Wadih Damous conseguiu a reeleição. Ele encerrou o pleito com 66,70% dos votos contra 20,24% computados pelo segundo colocado, o advogado Lauro Schuch e 5,39% de Luciano Viveiros.

Em Santa Catarina, o atual presidente Paulo Roberto de Borba também foi reeleito. No Distrito Federal, a chapa de oposição Questão de Ordem, liderada por Francisco Queiroz Caputo Neto, foi a vencedora, deixando em segudo lugar o atual vice-presidente Ibaneis Rocha Barros Junior.

Em Rondônia, venceu Hélio Vieira da Costa. Apenas uma chapa concorreu à diretoria da seccional: a "OAB Sempre Forte e Atuante", que venceu com aproximadamente 84% dos votos válidos. Em Porto Velho, dos 1.650 advogados aptos a votar, 1.025 compareceram às urnas. Desse total, 858 votaram na "OAB Sempre Forte e Atuante", 105 votaram em branco e 62 votaram nulo, conforme dados divulgados há pouco pela Comissão Eleitoral da entidade.

No Rio Grande do Sul, os gaúchos também renovaram Claudio Lamachia para mais três anos. Por volta das 22h, com 98% das urnas apuradas em todo o estado, Lamachia, da chapa "OAB Mais", mantinha cerca de 80% votos válidos, em um pleito considerado histórico na entidade devido à grande diferença de votos em relação ao segundo colocado, Mathias Nagelstein, da chapa "Nova Atitude", que alcançou 11% dos votos. Em terceiro lugar ficou o advogado Leonardo Kauer Zinn, da chapa "Muda OAB", com 5,5% dos votos. Brancos e nulos somaram 3,5% do total.

Em Mato Grosso do Sul, o eleito foi Leonardo Avelino Duarte, 33 anos. A disputa movimentou cerca de sete mil advogados do estado. Também integram a diretoria que assumirá no dia 1º de janeiro os advogados Júlio César Souza Rodrigues (vice-presidente), Rachel de Paula Magrini (secretária-geral), Luciana Cássia de Azambuja (secretária-adjunta) e André Luis Xavier Machado (tesoureiro). Leonardo Duarte venceu com uma vantagem de 310 votos sobre o atual secretário-geral, Ary Raghiant Neto.

No Acre, Florindo Silvestre Poersh foi reeleito com 534 votos. Em segundo lugar, com 257 votos, ficou Francisco Silvano Rodrigues Santiago. As eleições ocorreram na sede do Tribunal Regional Eleitoral, em Rio Branco. Integram a chapa vencedora Marcos Vinicius Jardim Rodrigues (vice-presidente), Fernando Tadeu Pierro (secretário-geral), Erick Lima do Nascimento (secretário-adjunto) e Carlos Alberto de Souza Pompeo (tesoureiro).

No Pará, a apuração dos votos das eleições para a diretoria da OAB-PA vai continuar nesta terça-feira (17/11), a partir das 14h. Até o momento foi divulgada uma parcial do resultado. O candidato Jarbas Vasconcelos, da Chapa "Juntos para Avançar", soma 2.610 votos válidos, o que representa um percentual de 59,40% dos votos até então computados. Já o candidato da chapa "OAB Independente", Sérgio Couto, soma 33,70% dos votos (total de 1.561 votos) e o candidato da chapa "Nova Ordem", Mailton Ferreira, soma 6,90% dos votos (total de 372). A apuração dos votos teve de ser prorrogada porque ainda faltam verificar as urnas dos municípios de Marabá e Parauapebas.

Terça-feira
As eleições para as diretorias das 27 seccionais da Ordem para o triênio 2010/2012 prosseguem nesta terça-feira (17/11) em São Paulo e Paraná. Simultaneamente, os advogados estão escolhendo os três conselheiros federais que representarão seus estados junto à OAB Nacional. Ao todo, serão escolhidos 81 conselheiros federais, que ficarão responsáveis pela eleição do sucessor do presidente nacional da entidade, Cezar Britto.

Em Curitiba, a votação será no Pavilhão de Exposições do Parque Barigui. Concorrem duas chapas: a XI de Agosto é encabeçada por José Lucio Glomb e OAB Unida - a Ordem pelo advogado, por Arnaldo Faivro Busato Filho. Cerca de 37 mil advogados de todo o Paraná devem participar da votação.

Em São Paulo, a corrida pela diretoria da OAB-SP e das 223 subseções do estado levará às urnas um contingente de 186 mil eleitores em 719 seções eleitorais. No interior, estão aptos a votar 99.695 advogados. Quatro chapas disputam o comando da OAB-SP: Chapa 11, Renovação da OAB-SP tem na cabeça Leandro Donizete Pinto, Chapa 12 - OAB para Todos segue Raimundo Hermes Barbosa, Chapa 13 - Sou Mais D'Urso é liderada pelo atual presidente da entidade, Luiz Flávio Borges D'Urso, e a Chapa 14 - Em Defesa da Advocacia leva o nome de Rui Celso Reali Fragoso como candidato a presidente.


Os eleitos:

  • AC - Florindo Silvestre Poersh
  • DF - Francisco Queiroz Caputo Neto
  • MS - Leonardo Avelino Duarte
  • PA - Jarbas Vasconcelos
  • RJ - Wadih Damous
  • RS - Cláudio Lamachia
  • RO - Hélio Vieira
  • SC - Paulo Roberto de Borba

Revista Consultor Jurídico, 17 de novembro de 2009, 12h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/11/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.