Consultor Jurídico

Comentários de leitores

8 comentários

CONCORDO COM A PEC

Roderictus (Advogado Autônomo)

Quem escolhe no final são políticos, e assim dever ser. Afinal a Suprema Corte É UM TRIBUNAL POLÍTICO POR NATUREZA. E não será uma escolha qualquer, como alguns acima insinuaram, pois escolherão de uma lista feita pelos tribunais.
O mandato por 11 anos é muito interessante, principalmente por vedar a recondução e não poder concorrer a cargo político por 3 ANOS.
O Legislativo não está se intrometendo no Judiciário, e, sim, sendo legislador. Inserirá, com a aprovação desta PEC, modificações importantíssimas para o País.

POBRE BRASIL!

Neli (Procurador do Município)

Esse pessoal ,políticos ou não,não sossegará enquanto não transformar o Brasil numa republiqueta anárquica...mais do que já é!
O que não pode,são os políticos ficarem se imiscuindo no Poder Judiciário.
Após a politização do STF,com nomeação de "ministros afinados com o poder político",a qualidade dos ministros ,smj, caiu.
Ministro do STF/STJ deveria ser somente desembargador(federal/estadual)...
Advogado/membros do Ministério Público? Que vão prestar concurso para a magistratura...por outras palavras,também sou contra o Quinto Constitucional!
Infelizmente,o grande erro histórico,foi a Constituição de 88 ter sido feita por políticos! Ali é um tal de legislar em causa própria...
PELA APROVAÇÃO DA PEC,DE AUTORIA DO DEPUTADO CLODOVIL HERNANDES,PARA REDUZIR O NÚMERO DE DEPUTADOS PARA 250.Política não é profissão e os políticos estão afundando esse País.
Outro ponto!
A prisão da dona da Daslu é uma injustiça exacerbada. A Eliane Tranchesi,pelo que li por aí(não a conheço e jamais fui à daslu...),está com metástase do câncer na mama(pulmão e ossos),por melhores tratamentos que possa ter,a sua esperança de vida é reduzissíma.
Está tomando quimioterapia e ficando no ambiente da prisão,é propício a se infeccionar,ainda mais pelo câncer no pulmão.
Quando tomei químioterapia,por um singelo cancerzinho na mama,me resguardei ao máximo,para não pegar nenhuma infecção.
Uma pessoa que tem cãncer,ainda mais por metástase,no pulmão,tem que se resguardar muito mais...

STF

M.P. (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Para mim, o mais importante é o mandato para Ministros. E quanto a escolha, acho que teria que recair sobre 1/3 de cada carreira jurídica, ie,. OAB, Magistratura e MP. A forma, porém, poderia ser por eleições diretas das classes. O que não consigo conceber é um Congresso Nacional como este escolhendo Ministros do STF. Quem seriam os eleitos? Severino Cavalcanti? José Genoíno? Delúbio Soares? Jáder Barbalho? Paulo Maluf? José Sarney? Ou será que DINO seria o melhor candidato?

triste situação do supremo

dinarte bonetti (Bacharel - Tributária)

As incongruencias de suas Excelencias os ministros do Supremo, ao implementarem funções legislativas ao Judiciario, legislando descaradamente, e tomando decisões absolutamente incongruentes no episódio Daniel Dantas, acabaram por ficar expostos a esse ridículo gesto do legislativo, que começa a meter o bedelho em coisas da alçada da Justiça.
O senhor Daniel Dantas está pondo em cheque todo o sistema jurisdicional pátrio, por vias obliquas.

Definitivamente, o Brasil é um país de cabeça para baixo.

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Essa PEC é simplesmente o maior absurdo. Oportunista, foi proposta no calor de emoções amesquinhadas da populaça e de segmentos representante da parte mais ignorante da população. Até nos Estados Unidos, berço da democracia ocidental moderna, os membros da Suprema Corte são indicados pelo Presidente da República e aprovados pelo Senado. Não pode ser de outra maneira. A guarda da Constituição exige estabilidade. A estabilidade sócio-política está atrelada à estabilidade da guarda da Constituição Federal. A PEC deveria, isto sim, tornar elegível para mandato de 10, 11, 15 ou seja lá quantos anos forem os cargos dos juízes de primeiro e segundo graus. Nunca os das cortes superiores. Não se pode enfraquecer o STF politicamente. Isso enfraquece o próprio País. Só os obtusos e ignaros, que nunca estudaram história ou política, que nunca se deram ao trabalho de refletir e ler os filósofos que inspiraram os movimentos culminantes na fundação da democracia ocidental com as feições hoje conhecidas, inauguradas com Independência dos EUA e a Revolução Francesa, sem perder de vista a Revolução Gloriosa, que as antecedeu e que constituiu um marco vitorioso contra o absolutismo na Inglaterra, é que se atrevem a sustentar uma PEC absurda dessas. Como dizia Nelson Rodrigues, quem mandou deixar falar os idiotas?!
(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – Mestre em Direito e doutorando pela USP – Professor de Direito – Palestrante – Parecerista – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

Efeito Gilmar Mendes

Senhora (Serventuário)

Isso é que eu chamo de efeito Gilmar Mendes, a criatura arrumou tanta confusão com a sua arrogância e prepotência que nem mesmo os congressistas aguentaram.
Finalmente, fizeram algo de útil.
Nunca pensei, mas vou ter que agradecer:
Obrigada, Gilmar Mendes, V. Exa é a prova que há males que vem para o bem.

Judiciário não opina

Republicano (Professor)

Para compor qualquer órgão do MP ou da OAB o Judiciário não opina. Ora, quem quiser ser magistrado deve prestar concurso para juiz, e é nesta carreira que se deve escolher magistrados nos tribunais.

Limite

Robespierre (Outros)

É preciso limite, pois do contrário vira monarquia.

Comentar

Comentários encerrados em 3/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.