Consultor Jurídico

Fora da prefeitura

Prefeita de Avanhandava (SP) tem registro cassado

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo não analisou o recurso da prefeita de Avanhandava, Sueli Navarro Jorge (PSDB), eleita em 2008. A corte considerou que o recurso foi apresntado fora do prazo.

A candidata foi condenada em primeira instância e teve o registro cassado por compra de votos. O juiz determinou ainda a realização de novo pleito.

Sueli Navarro é acusada de ter doado uma moto a um eleitor em troca de votos, o que configura captação ilícita de sufrágio.

Nas eleições de outubro de 2008, a prefeita foi eleita com 70,33% dos votos válidos. Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRE-SP.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 20 de março de 2009, 12h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/03/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.