Consultor Jurídico

Pena de morte

Primeira execução na gestão de Obama será na sexta

Na próxima sexta-feira (13/3), acontecerá a primeira execução na gestão de Barack Obama. É também a primeira ocorrida no estado de Washington, na divisa com o Canadá, desde 2001. Cal Coburn Brown foi condenado pelo assassinato de uma mulher de 22 anos, na cidade de Seattle. O corpo foi encontrado no porta-malas do carro do acusado, em Palm Springs, Califórnia, que fica no outro extremo do país. As informações são do site

Findlaw.

 

“Ele torturou a vítima barbaramente. Foi o pior caso que vi na vida”, diz o promotor Dan Satterberg. O acusado Cal Coburn Brown sofria, comprovadamente, de transtorno bipolar. Ele não estava sob tratamento à época do crime. Jeff Ellis, presidente da Coalizão para Abolir a Pena de Morte em Washington, uma ONG, concorda que o crime praticado foi brutal. “Mas a condição bipolar do acusado não pode levá-lo à morte”, analisa.

Uma pessoa com transtorno bipolar está sujeita a episódios de extrema alegria, euforia e humor excessivamente elevado e também a episódios de mau humor e desespero.

Desde 1904, 77 homens foram condenados à morte em no estado de Washington. De 1963 para cá, 15 homens foram executados no estado. Nos últimos 30 anos, ocorreram 1.060 execuções nos Estados Unidos. Depois de retomada a pena de morte, em 1976, o primeiro executado foi Gary Gilmore, que enfrentou um pelotão de fuzilamento no estado de Utah em 17 de janeiro de 1977. O Texas bate o recorde nacional de execuções nos Estados Unidos – em 2008, esse estado executou seu 381º prisioneiro, desde 1976.

Dados divulgados pela Anistia Internacional, com sede em Londres, mostram que, no ano de 2005, 2.148 pessoas foram executadas em 22 países, 94% delas na China, Irã, Arábia Saudita e nos Estados Unidos. Também em 2005 um grupo de 5.186 pessoas foram sentenciadas à morte em 53 países.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 10 de março de 2009, 15h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/03/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.