Consultor Jurídico

Colunas

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ranking de notícias

Notificação do TRF-3 a juízes é a notícia mais lida

Por 

O texto sobre a notificação do corregedor do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargador André Nabarrete Neto, a 134 juízes federais que manifestaram publicamente solidariedade ao juiz Fausto Martin De Sanctis, foi o mais lido desta semana na revista Consultor Jurídico. Desde que foi publicado, no dia 13 de maio, recebeu 4 mil acessos. A reportagem é assinada pela jornalista Gláucia Milício. A medição é feita pelo Google Analytics.

O manifesto de solidariedade a De Sanctis, divulgado no site do próprio TRF-3, foi feito em julho do ano passado quando o juiz mandou prender o banqueiro Daniel Dantas, contrariando decisão do Supremo Tribunal Federal, que acabara de conceder Habeas Corpus para que Dantas fosse solto. Para o corregedor Nabarrete, o ato dos juízes violou a Lei Orgânica da Magistratura (Loman) no ponto em que proíbe juízes de manifestarem "juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças".

As notificações de Nabarrete, contudo, foram suspensas pelo corregedor-geral da Justiça Federal, ministro Hamilton Carvalhido, na quinta-feira (14/5). O ato do corregedor do TRF-3 causou indignação em associações representativas de juízes federais e em membros do Ministério Público Federal (MPF) e da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Todas as entidades publicaram nota em repúdio à decisão de Nabarrete. Clique aqui para ler a notícia.

Justiça na rua
A segunda notícia mais lida desta semana, com 3,8 mil acessos, foi a entrevista com a oficial de Justiça Yvone Barreiros Moreira. Ela contou à jornalista Lilian Matsuura sobre o dia-a-dia da profissão, do jogo de cintura necessário para cumprir as determinações judiciais e da briga com o Tribunal de Justiça para receber pelos gastos com as diligências.

A jornalista destaca que a morte da oficial de Justiça Sandra Regina Ferreira com nove tiros, em São Paulo no último mês de abril, chamou a atenção para as condições de trabalho desses profissionais. É que o fato de sempre levarem más notícias os torna personae non gratae por onde passam. Quem pode fugir deles, foge. Quem não pode costuma maltratá-los. Leia a íntegra da entrevista na ConJur.

Padrão nacional
Com 2,9 mil acessos e em terceiro lugar no ranking de notícias ficou o texto sobre concursos para ingresso na magistratura, que deverão seguir as mesmas regras e padrões em todo o país e em todos os ramos da Justiça. O Conselho Nacional de Justiça aprovou resolução, na sessão plenária do dia 12 de maio, através da qual padroniza os procedimentos que devem ser seguidos por todos os Tribunais de Justiça, Tribunais Regionais Federais e Tribunais Regionais do Trabalho do país ao selecionar novos juízes.

O texto da nova resolução foi relatado pelo ministro João Oreste Dalazen, do Tribunal Superior do Trabalho. Mais de mil sugestões foram encaminhadas ao CNJ por cidadãos, escolas e instituições públicas. Clique aqui para ler a notícia.

Audiência
Em um período de sete dias (9 a 15 de maio), a ConJur recebeu 258 mil acessos. Na quarta-feira (13/5), foi o dia que a revista recebeu mais visitas: 36,8 mil acessos. Neste dia, a revista publicou com exclusividade a notificação da corregedora do TRF-3 a 134 juízes federais. Leia, também, outros destaques deste dia:

  • Senado suspende sabatina de candidatos do CNJ e do CNMP
  • Racionalização leva escritórios a trabalhar em equipe
  • Trabalhador pode ir à Justiça mesmo sem conciliação prévia
  • CNMP arquiva reclamação contra punição de um dia a promotor
  • CNJ mantém decisão que proíbe entrada no fórum de bermuda

Leia as notícias mais acessadas de 9 a 15 de maio
Fora dos autos — Juízes solidários a De Sanctis são notificados
Justiça na rua — Morte de oficial de Justiça expõe desafios da profissão
Padrão nacional — Concursos para juiz seguirão as mesmas regras
Visita de Scalia — "Juiz expressa vontade de juiz, e não do povo"
Coluna do Haidar — Paulo Gallotti antecipa aposentadoria no STJ
Luta de classe — Juízes defendem juíza que mandou prende procurador
Apoio da discórdia — CJF suspende notificação de solidários a De Sanctis
Lista de inimigos — OAB-SP é condenada a indenizar delegado
Conflito de competência — Massa falida recupera posse de bens do Banco Santos
Triste partida — Morre em São Paulo Maria Aparecida de Almeida Melo

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 16 de maio de 2009, 6h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/05/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.