Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trabalho puxado

Eros Grau renuncia à vaga de ministro do TSE

O ministro Eros Grau renunciou à vaga de ministro do Tribunal Superior Eleitoral. Aos seus colegas de corte alegou cansaço. A cadeira no Supremo Tribunal Federal ele continuará ocupando até 2010, ano de sua aposentadoria. O ministro Ricardo Lewandowski, colega de Supremo e suplente no TSE, assumirá a sua cadeira. A informação é do blog do jornalista Ricardo Noblat.

O ofício de renúncia enviado à presidência do TSE tinha duas linhas. Eros Grau tomou posse no TSE no dia 15 de maio de 2008, há um ano. Durante este período, teve algumas oportunidades de presidir a corte eleitoral, quando o presidente Carlos Ayres Britto e o vice Joaquim Barbosa não puderam comparecer.

O TSE é formado por três ministros do STF, dois do Superior Tribunal de Justiça e dois representantes da advocacia.

No momento, Joaquim Barbosa, ministro do STF, está licenciado do cargo de ministro do TSE para tratamento de saúde.

Revista Consultor Jurídico, 5 de maio de 2009, 18h30

Comentários de leitores

3 comentários

Emprego público neste país é farra!!!

Zerlottini (Outros)

Eu não consigo UM emprego e o Sr. Eros Grau tem dois? PQP!!! Isso é o Brasil. É como eu li uma piada outro dia:
Três médicos - um espanhol um russo e um brasileiro estavam convrsando sobre o avanço da Medicina em seus países. Disse o espanho:
"Na Espanha, um operário perdeu um dedo, num acidente. Fizemos um reimplante e, 3 dias depois, ele já estava procurando outro emprego". O russo retorquiu:
"Pois lá na 'Mãe Rússia', um operário sofreu um acidente e perdeu uma parte do cérebro. Conseguimos recuperá-lo e uma semana depois, ele estava procurando outro emprego".
Ao que o brasileiro respondeu:
"Pois, lá no Brasil, nós pegamos um operário sem dedo, sem cérebro e o colocamos na presidência. E até hoje, oito anos depois, tá TODO MUNDO procurando emprego - e ninguém acha".
Francisco Alexandre Zerlottini. BH/MG.

Estressante

olhovivo (Outros)

Não deve ser fácil ficar engolindo os sermões do JB, paladino da moralidade, em dois tribunais ao mesmo tempo. E deve ser difícil ter que interpretar, não a lei, mas a voz das ruas, para não desagradá-lo e provocar suas gentis intervenções.

Eros Grau renuncia à vaga de ministro do TSE, mas continua n

carlota (Advogado Autônomo - Administrativa)

É com muita satisfação que vejo o mestre Eros Grau no exercício de uma carreira brilhante.
Tive o privilégio de ser sua aluna no curso de Direito da Universidade Mackenzie e posso testemunhar sua cultura, competência e dedicação.
Parabéns, Professor. Sua trajetória de vida lega à sociedade uma preciosa contribuição e eficiência que sem dúvida ficam gravados na história do Direito de nosso país.
Um grande e demorado abraço.
Carlota Rodrigues de Faria
OAB/SP 35626 (Mackenzie/1975)

Comentários encerrados em 13/05/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.