Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

A lei e os homens

Gilmar Mendes participa de almoço-debate em SP

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, que também acumula a função de presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), participa nesta segunda-feira (22/6), das 12 às 14h30, de almoço debate em São Paulo. Ele vai se reunir com o Grupo de Líderes Empresariais, O Lide, para debater A Justiça, o homem e a lei.

O evento será presidido pelo jornalista João Doria Júnior, presidente do grupo de empresários, e também conta com as presenças de: João Carlos Regado, presidente da Golden Cross, Washington Cinel, presidente do grupo Cocil, Marcos Eduardo Ferreira, presidente da Mafre Nossa Caixa, Ivan Zurita, presidente da Nestlé, Geraldo Francça, diretor-geral da Sodexo, Dante Letti, presidente da Souza Cruz, Ricardo Saad, diretor do grupo Band, Carlos José Marques, diretor editorial da IstoÉ Dinheiro, Maurício Dinepi, presidente do Jornal do Commercio, Silvio Genesini, diretor do Estado de S.Paulo e Paulo Castro, diretor do Terra.

Programação

12h — Recepção/ Coquetel
12h30 — Almoço
13h — Exposição "A Justiça, o Homem e a Lei"
14h30 — Encerramento do evento

Serviço
Data:
22 de junho, segunda-feira
Local: Hotel Renaissance. Alameda Jaú, 1620 — Esq. com a Rua Haddock Lobo, Cerqueira Cesar. Haverá Valet no local.
Outras informações: pelo telefone 3039-6099 ou no e-mail almoço@lider.com.br.

Revista Consultor Jurídico, 21 de junho de 2009, 13h34

Comentários de leitores

3 comentários

Se a intenção foi ofender...

Espartano (Procurador do Município)

... vc conseguiu, olhovivo. Dizer que sou de esquerda é me faltar com respeito.
"Esquerda" para mim me lembra político, coisa que abomino. Esquerda é ninho de sindicalista, de professor 68, de gente que acha que praça em loteamento é luxo e tem que ser invadida por barraco. De gente que acha que o serviço público deve ser loteado entre a companheirada, mesmo que despreparada, e que se f... o funcionário de carreira competente por não estar alinhado com essa tal de "esquerda".
Concordo com vc que essa história de dolar na cueca é a síntese da hipocrisia. A esquerda acha que corrupção é o que a direita faz. Se é a esquerda que rouba, aí para eles é necessidade, meio justificável de usar o "sistema" para trabalhar por um ideal maior (ainda que seja a própria conta bancária e seus charutos cubanos).
Se recrimino o GM por ouvir a voz do empresariado é porque alguém que prega que julgamentos devem ser isentos das pressões sociais não pode ficar ouvndo lamurios de qualquer das classes, ainda que totalmente opostas às ouvidas por seu desafeto.
E, siceramente, o que tem de empresário se aproveitando de esquema de corrupção bolado por essa tal de esquerda não está no gibi. É só ver os desmontes da PF nas operações que dá para ter uma idéia de quanto.
Eu só quero uma coisa: ver os culpados na cadeia, sejam ricos ou pobres, de oposição ou situação. Então, não me rotule de "esquerda", porque isso dói na alma. Para ofender de vez, só falta me xingar de petista...

"Esquerda" tupinambá

olhovivo (Outros)

A "esquerda" tupinambá (aquela que, no poder, enche a cueca de dólares) não perde a mania. Mesmo depois de desmascarada, continua com seu patrulhamento.

Não aprende mesmo.

Espartano (Procurador do Município)

O Min. Joaquim mandou o Gilmar ouvir a voz das ruas e foi tomar um chopp. O povo lhe deu os parabéns.
Aí os positivistas que adoram chamar o povão de "massa ignara" não pouparam críticas ao corajoso Ministro.
Então GM resolve ouvir a voz dos condomínios fechados e marca um almoço com o empresariado.
Ou seja, conversar com o povo não pode, mas com os empresáros, tá liberado?
Bom, cada um com suas afinidades...

Comentários encerrados em 29/06/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.