Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Efeito dominó

Policiais respondem por extorsão a empresário

O Ministério Público Federal de São Paulo pediu a condenação de dois policiais, um civil e outro federal, e dois empresários, por tentarem extorquir um empresário paulistano. Os fatos foram descobertos na Operação Avalanche da Polícia Federal. O processo tramita na 1ª Vara Federal de São Paulo. Se condenados, os acusados poderão pegar de 3 a 11 anos de prisão e multa.

O MPF pediu que o agente de Polícia Federal Francisco Pellicel Júnior, o investigador da Polícia Civil de São Paulo Edisom Alves Cruz e os empresários Afonso José Penteado Aguiar e Eduardo Roberto Peixoto sejam condenados por concussão — extorsão praticada por servidor público — e formação de quadrilha.

A Operação Avalanche, desencadeada pela Polícia Federal em 2008, foi deflagrada inicialmente para investigar a apropriação de dinheiro apreendido durante operação de fechamento de bingos e que culminou com a descoberta de outros crimes, inclusive contra o publicitário Marcos Valério de Souza, apontado como arquiteto do mensalão.

Valério e mais dez pessoas respondem a processo na Justiça Federal de Santos. Eles são acusados de terem forjado um inquérito na Delegacia de Polícia Federal de Santos para espionar as atividades de dois fiscais da Secretaria da Fazenda paulista que conduziram ações de fiscalização que resultaram em multa milionária contra a cervejaria Petrópolis. Com informações da assessoria de imprensa do MPF-SP.

Revista Consultor Jurídico, 17 de junho de 2009, 1h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/06/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.