Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trajetória eleitoral

TSE apresenta sistema eleitoral a comitiva afegã

O Tribunal Superior Eleitoral recebeu, na segunda-feira (15/6), a visita de representantes da Comissão Independente de Eleições do Afeganistão, que vieram conhecer o sistema eleitoral brasileiro. O diretor-geral do TSE, Miguel Fonseca, informou os visitantes que o Brasil faz eleições a cada dois anos - uma municipal seguida de outra de caráter geral. E que, em 2008, foram feitas no país eleições municipais. O diretor comunicou à comitiva que a Justiça Eleitoral brasileira é especializada e que o país possui um dos maiores cadastros eleitorais do mundo, com 130 milhões de eleitores.  

O diretor do tribunal ofereceu ainda informações sobre o sistema jurisdicional e de organização da Justiça Eleitoral brasileira . “Estamos muito honrados e felizes em poder colaborar com a Comissão Independente de Eleições do Afeganistão. Esperamos que a visita seja bastante proveitosa a todos”, destacou Miguel Fonseca.   

Já o vice-presidente da comissão afegã, general Ayub Assil, lembrou um pouco da história de seu país e afirmou que o povo do Afeganistão é pacífico e luta pela paz. Ayub Assil informou que seu país fez recentemente duas eleições, uma para presidente, em 2004, e outra, em 2006, para o Parlamento. Nova eleição para presidente ocorre agora no dia 20 de agosto. “Esperamos estreitar nossas relações com o Brasil. Queremos convidar representantes da Justiça Eleitoral brasileira a visitar o nosso país”, disse Assil.

Após o encontro com o diretor-geral do TSE, os visitantes afegãos assistiram a uma palestra sobre Evolução e Trajetória da Justiça Eleitoral,  apresentada pelo assessor da Procuradoria-Geral Eleitoral, Geremias Ferreira Bispo.

Cadastramento biométrico
Nesta terça-feira (16), a chefe da Seção de Cadastros de Eleitores, Marta Juvina, e o secretário de Tecnologia da Informação, Giuseppe Dutra Janino, falarão aos visitantes sobre o cadastro eleitoral e o processo eletrônico de votação do Brasil.

Logo depois, os representantes da comissão afegã seguem para o Rio de Janeiro, onde acompanharão, na quinta-feira (18), o cadastramento biométrico de eleitores em Armação de Búzios. A visita faz parte do acordo de cooperação existente entre a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE), e os países que se interessam em conhecer o sistema eleitoral brasileiro. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE

Revista Consultor Jurídico, 16 de junho de 2009, 7h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/06/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.