Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vaga do quinto

Procurador Luiz Antonio Cardoso toma posse no TJ-SP

O procurador Luiz Antonio Cardoso toma posse nesta quinta-feira (4/6) como desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele irá ocupar a cadeira que pertenceu ao desembargador René Nunes e atuará junto a 3ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal.

A escolha foi feita pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça a partir de seis nomes indicados pelo Ministério Público. A partir dela, o tribunal preparou uma lista tríplice, que foi enviada para o governador José Serra, que nomeou Cardoso, o mais votado pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça.

O procurador Luiz Antonio Cardoso, natural de Lorena, interior de São Paulo, foi oficial de Justiça na Comarca de Lorena e ocupou cargo de promotor de Justiça no interior de São Paulo. Na capital, exerceu o cargo de promotor de Justiça de Execuções Criminais durante 15 anos. Também atuou como coordenador das promotorias de Justiça de Execuções Criminais. Foi promovido a procurador da República em 2003. É membro do Conselho Penitenciário do Estado de São Paulo e também do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 4 de junho de 2009, 14h06

Comentários de leitores

1 comentário

Pequeno equívoco

Caio T. (Serventuário)

"Foi promovido a procurador da República em 2003."
Vale ressaltar que o E. Desembargador que tomou posse não poderia ter sido promovido a Procurador da República. Em primeiro lugar porque este cargo é o inicial da carreira do MPF, razão pela qual não há "promoção" para tal.
No mais, como o agora Magistrado integrava o MP paulista, o cargo a que chegou mediante promoção foi o de "Procurador de Justiça".

Comentários encerrados em 12/06/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.