Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Manutenção da prisão

Suspeito de matar ex-mulher não consegue liberdade

Fracassou o pedido do músico Evandro Gomes Correia Filho, acusado pela morte da ex-mulher Andréia Cristina Bezerra Nóbrega e pela queda de seu filho de seis anos de um prédio em Guarulhos (SP). O pedido foi negado pela ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça.

A defesa pretendia, liminarmente, a concessão da liberdade provisória de Evandro. Para tanto, alegou ausência dos requisitos da prisão preventiva bem como de fundamentação do decreto prisional.

A ministra ressaltou que não se verifica o constrangimento ilegal apontado pela defesa, pois os motivos expostos na decisão de primeira intância mostram-se, em princípio, suficientes para fundamentar a manutenção da prisão cautelar de Evandro.

O mérito do Habeas Corpus será apreciado pela 5ª Turma sob a relatoria da ministra Laurita Vaz. Com informações da Assessoria de Imprensa do Superior Tribunal de Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 28 de julho de 2009, 10h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/08/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.